keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Feriado de Finados: veja os trechos com problemas na BR-101

A Arteris Litoral Sul deve atuar com cerca de 600 colaboradores nos quatro dias do feriado prolongado de Finados – entre 30 de outubro e 2 de novembro. As equipes devem atuar de acordo com […]

A Arteris Litoral Sul deve atuar com cerca de 600 colaboradores nos quatro dias do feriado prolongado de Finados – entre 30 de outubro e 2 de novembro. As equipes devem atuar de acordo com o planejamento operacional – com objetivo de atender usuários no menor tempo possível, com serviços de sinalização, monitoramento, resgate veicular e socorro pré-hospitalar.

O fluxo nas rodovias BR-116-PR/Contorno Leste, BR-376-PR, e BR-101/SC, na ligação entre Curitiba e Florianópolis, deve se intensificar a partir das 14h de sexta-feira (30) – se estendendo até à meia-noite. No sábado (31), o maior movimento é previsto das 10h às 20h. Já no retorno, o pico é esperado para o período das 14h às 20h de segunda-feira (2).

Nesse período, os condutores devem redobrar a atenção nos trechos em que ocorrem maior concentração de tráfego, onde pode haver formação de retenção repentina: nos acessos às cidades, na Serra da BR-376/PR e nos trechos de aclive e declive como no Morro do Boi em Balneário Camboriú-SC, e no Morro dos Cavalos, em Palhoça-SC.

Além disso, o trecho na divisa entre Araquari e Barra Velha – na BR-101/SC – também merece atenção especial dos condutores. Neste trecho, a concessionária realiza obra fixa de reforço na ponte sobre o Rio Itapocu (km 80,1) – com desvio de tráfego em ambos os sentidos do km 79 ao km 81 – permanecendo duas faixas para cada sentido, mas com fluxo de uma faixa no sentido norte (Curitiba) desviado para a pista oposta.

Operação da concessionária

Toda a operação da concessionária é coordenada a partir do Centro de Controle Operacional (CCO), em Joinville. O Centro de Controle têm à disposição imagens de 187 câmeras, interagindo também diretamente com as equipes nas rodovias.

No trecho, inspetores de tráfego, operadores de guincho, socorristas e médicos atuam tendo como referência as unidades SOS Usuário e bases operacionais dispostas ao longo dos 356 km de rodovias administradas.

A interação permanente entre CCO e equipes garante a eficiência no atendimento para as demandas de atendimento – com destaque para as remoções veiculares e suporte em panes mecânicas, ocorrências com elevação tradicional de demanda em épocas como esta.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Geral

Primeiro clube flutuante de SC naufraga na Ilha das Cabras em Balneário Camboriú

Não havia ninguém no local quando a estrutura se desprendeu. A estrutura ficava atracada na margem direita do Rio Camboriú

Geral

Telhado é arrancado, atinge duas casas e derruba poste de energia em Porto Belo

Duas famílias ficaram desabrigadas após telhado danificar as residências

Geral

Empresas da construção civil de Itapema e Porto Belo foram alertadas sobre o ciclone pelo Sinduscon

Comunicado foi feito ainda na segunda-feira, a partir de um encontro com representantes da Defesa Civil de Itapema.

Geral

Ciclone deixa desabrigados e cenário de destruição no Litoral de SC

Com ventos de mais de 110 km/h, ciclone provocou diversos estragos no Litoral

Geral

Bombeiros são acionados para possível desabamento de casa em Porto Belo

Informação foi divulgada em relatório do Corpo de Bombeiros na tarde desta quarta

Mais notícias

Geral

Primeiro clube flutuante de SC naufraga na Ilha das Cabras em Balneário Camboriú

Não havia ninguém no local quando a estrutura se desprendeu. A estrutura ficava atracada na margem direita do Rio Camboriú

Cidades

Força-tarefa de Itapema atuou durante toda a madrugada para diminuir estragos do ciclone

Foram registrados em média 150mm de chuva nas últimas 24h e cerca de 26 mil unidades ficaram sem energia elétrica