keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

ONG realiza soltura de 10 pinguins em Florianópolis

Um grupo de 10 pinguins-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) voltou para o habitat natural, na manhã desta quarta-feira (14), na Praia do Moçambique, em Florianópolis. Este é o terceiro grupo a ser liberado este ano desde meados […]

X
Foto: R3 Animal/Divulgação

Um grupo de 10 pinguins-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) voltou para o habitat natural, na manhã desta quarta-feira (14), na Praia do Moçambique, em Florianópolis. Este é o terceiro grupo a ser liberado este ano desde meados de outono, início da temporada anual de migração dos pinguins desde a Patagônia/Argentina.

As aves soltas haviam sido resgatadas no litoral catarinense entre junho e agosto, pelas equipes do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) e foram reabilitadas no Centro de Pesquisa, Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos (CePRAM/R3Animal), em Florianópolis.

Das 10 aves, três foram resgatadas pela equipe do PMP-BS junto à Universidade de Joinville (Univille), na região de São Francisco do Sul. O Instituto Australis foi o responsável pelo resgate de duas aves, número igual ao resgatado pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali). A equipe do PMP-BS junto a Universidade do Estado de SC (Udesc) resgatou três pinguins. Todas as instituições junto com a R3 Animal executam o PMP-BS no Estado.

O primeiro grupo liberado nesta temporada 2020, com 20 pinguins, ocorreu no dia 3 de agosto. A segunda leva ocorreu no dia 24 de agosto, com 13 pinguins. Em 2019, 67 pinguins foram reabilitados com sucesso e soltos pela R3 Animal. Todos os pinguins passaram por exames complementares, realizaram o teste de impermeabilização das penas e receberam um microchip com um número de identificação.

Os pinguins que encalham nas nossas praias, em sua grande maioria, são animais juvenis, estão em seu primeiro ano de vida e encaram pela primeira vez a longa viagem de migração.A falta de experiência dos jovens pode causar dificuldade em se alimentar, muitos se perdem dos bandos e ficam debilitados, encalhando nas praias. Há também aqueles que interagem com petrechos de pesca. Mesmo não sendo fauna alvo de pescarias eles podem ser capturados incidentalmente. É a chamada captura bycatch, ou seja, não intencional.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Prêmios de loterias não resgatados somam R$ 312 milhões em 2020

Valor 'esquecido' é o menor em 5 anos. Pela lei, o dinheiro é repassado integralmente ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Geral

Santuário Santa Paulina em Nova Trento celebra 15 anos nesta sexta-feira

Santuário, que hoje é o segundo mais visitado do país, teve suas obras iniciadas em outubro de 2003

Geral

VÍDEO: Bombeiros resgatam cachorro que caiu em poço de 12 metros de profundidade em SC

Salvamento durou cerca 30 minutos até que animal fosse retirado do poço.

Geral

Homem chama policial civil de “preto nojento” e acaba preso em Santa Catarina

Homem estava sendo intimado para depor em um processo no qual é acusado de ameaçar um ex-funcionário

Mais notícias