keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Novo estudo afirma que anticoncepcional previne Covid-19 grave

X

Um novo estudo realizado pela universidade King’s College London, em Londres, Inglaterra, afirma que mulheres que tomam pílula anticoncepcional têm menos chances de desenvolver a forma grave do novo coronavírus (Covid-19). Segundo os cientistas, o estrogênio desempenha um papel fundamental na proteção contra o vírus, inclusive, esse seria o motivo pelo qual várias pesquisas afirmam que os homens são mais afetados pela doença.

Para definir essa conclusão, os pesquisadores utilizaram os dados de mais de meio milhão de mulheres, que fizeram uso do aplicativo Covid Symptom Study, entre os meses de maio e junho de 2020. O sistema foi desenvolvido pela King’s College London e foi usado para rastrear pacientes infectadas pelo novo vírus.

A iniciativa mostrou que as mulheres que consumiam pílula anticoncepcional oral combinada tinham, em média, um risco 13% menor de desenvolver sintomas graves da Covid-19, de acordo com informações publicadas no jornal britânico The Telegraph.

Conclusões

A pesquisa também mostrou que as mulheres no período de pós-menopausa apresentaram um risco 22% maior do que as demais na pré-menopausa. Sendo que, neste grupo, aquelas na faixa etária de 45 a 50 anos tiveram maior risco e relataram sintomas como febre, perda de olfato e tosse aguda. Além disso, muitas também foram submetidas ao tratamento com oxigênio em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Segundo o estudo, essa situação ocorreu, justamente, pela falta de estrogênio, hormônio muito comum em anticoncepcionais. “Nós achávamos que mulheres na pré-menopausa, com níveis mais altos de estrogênio, teriam Covid-19 menos grave quando comparadas a mulheres da mesma idade que passaram pela menopausa, e nossas descobertas confirmaram isso”, destacou a cientista, Karla Lee, que co-liderou a pesquisa, ao site The Telegraph.

Ela completou: “Além disso, quando comparamos um grupo mais jovem de mulheres que faziam uso de pílula anticoncepcional combinada com um grupo semelhante que não tomava o medicamento, as mulheres do primeiro grupo tinham Covid-19 menos grave, sugerindo que hormônios presentes na pílula podem oferecer alguma proteção contra a Covid-19″, destacou.

A hipótese levantada pelos pesquisadores é que o hormônio feminino estrogênio estimula uma resposta imunológica no combate ao novo vírus. Com isso, há um aumento nas células imunes e a paciente responde melhor à infecção ocasionada pela Covid-19.

Nesse sentido, os cientistas concluíram no estudo que mulheres que tomam anticoncepcionais são mais resistentes ao vírus. Esse hormônio também é mais abundante nas mulheres antes da menopausa.

Geral

Embarcação de luxo naufraga em Itapema

Embarcação seguia para o Caixa D'aço em Porto Belo

Geral

PRF apreende quase R$ 1 milhão em vinhos importados

A contagem somou 2.943 litros do produto, avaliados no mercado em cerca de R$ 842 mil reais

Geral

Campanha das eleições municipais começa neste domingo

Saiba o que pode e o que não pode durante esse período

Geral

Leilão do Instituto Guga Kuerten segue até o final de setembro

IGK está leiloando camisetas oficiais de times de futebol

Geral

Hospital Marieta se prepara para iniciar tratamentos com radioterapia aos pacientes do SUS

Medida beneficiará os pacientes oncológicos dos 11 municípios que compõem a Amfri

Mais notícias