Segunda, 03 de agosto de 2020
47 99609-9282
Brasil

01/08/2020 ás 14h46

AdminX

Itapema / SC

Brasil deve receber 15 milhões de doses da vacina contra coronavírus até final do ano
Vacinas serão distribuídas pelo Sistema Único de Saúde (SUS)
Brasil deve receber 15 milhões de doses da vacina contra coronavírus até final do ano
X
Foto: Pixabay/Divulgação

Um convênio assinado entre o Ministério da Saúde, Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Laboratório AstraZeneca (ligado ao governo britânico), devem trazer até o Brasil, pelo menos até o fim deste ano, cerca de 15 milhões de vacinas contra o coronavírus. Caso a imunização seja eficiente e segura, o país irá adquirir tecnologia e produção equivalente a 100 milhões de doses — sendo que 15% chegariam até dezembro, de acordo com nota publicada pelo governo federal.


A vacina em questão é a que está sendo desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido. O total que será investido para a fabricação da vacina contra a Covid-19 beira os R$ 2 bilhões. São R$ 522 milhões que serão repassados à unidade de Bio-Manguinhos, estrutura da Fiocruz que faz a produção de imunobiológicos. Outro montante de recursos, de R$ 1,3 bilhão, é referente àquilo que o Ministério da Saúde chama de “encomenda tecnológica” e corresponde a todo o trâmite até a finalização da vacina contra o novo coronavírus.


A diretora de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde, Camile Giaretta, afirma que a assinatura desse convênio é “um passo importante para a formalização do acordo entre os laboratórios” e que a ação do governo federal “significa um avanço para o desenvolvimento de uma tecnologia nacional” aliada no combate à pandemia. O acordo entre Fiocruz e AstraZeneca é resultado da cooperação entre o governo brasileiro e governo britânico, anunciado em 27 de junho pelo Ministério da Saúde. O próximo passo será a assinatura de um acordo de encomenda tecnológica, previsto para a segunda semana de agosto, que garante acesso a 100 milhões de doses do insumo da vacina, das quais 30 milhões de doses entre dezembro e janeiro e 70 milhões ao longo dos dois primeiros trimestres de 2021. odas essas doses serão distribuídas gratuitamente à população pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) ligado ao Sistema Único de Saúde (SUS).

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados