Sexta, 10 de julho de 2020
47 99609-9282
Brasil

26/06/2020 ás 16h04

AdminX

Itapema / SC

Perfil do homem-pateta começa a fazer vítimas no Brasil
Casos estão sendo investigados em Santa Catarina e em Goiás
Perfil do homem-pateta começa a fazer vítimas no Brasil
X
Divulgação

O perfil do homem-pateta nas redes sociais, apontado como responsável por difundir mensagens de suicídio entre crianças, começou a fazer vítimas no Brasil. As primeiras denúncias foram repassadas à Polícia Civil, inclusive de Santa Catarina. Segundo a desembargadora de Santa Catarina, Rosane Portella Wolff, há uma dificuldade na identificação dos responsáveis: "É algo que desaparece em determinados momentos, se criam outros perfis e assim sucessivamente." 


Segundo a Polícia Civil, o homem identificado como Jonathan Galindo aparece maquiado como o personagem infantil da Disney, atrai a atenção dos pequenos e, por meio das redes sociais, entra em contato com eles e faz ameaças. As crianças caem nessas armadilhas virtuais e são induzidas a participar de desafios com o objetivo de machucá-las.


Em uma das postagens, o homem pede que as crianças coloquem sabão em pó nos olhos para que eles fiquem azuis. Em outra, incentiva o vício em cigarros.  Nas redes sociais, mães postaram mensagens que os filhos viram o vídeo do homem-pateta. Uma delas escreveu que foi surpreendida pela pergunta do filho de 7 anos sobre o que era suicídio, outra afirmou que a criança viu e acordou de madrugada com medo.


De acordo com a desembargadora, os pais devem acompanhar o uso da internet pelos filhos. "Deixar a criança navegando sozinha, sem controle parental, é como deixar o filho de 6, 7 anos andando sozinho na rua de madrugada", enfatizou.


O perfil foi criado há três anos no México. Com o tempo, os perfis falsos foram se multiplicando e chegaram ao Brasil. O alerta veio primeiramente do Tribunal de Justiça e da Polícia Civil de Santa Catarina. Os donos dos perfis falsos estão sendo procurados


Com informações do Portal R7


 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados