Quarta, 15 de julho de 2020
47 99609-9282
Cidades

24/06/2020 ás 10h45 - atualizada em 24/06/2020 ás 10h58

AdminX

Itapema / SC

Veja os vídeos: Ministério da Agricultura diz que nuvem de gafanhotos mudou de direção
Alerta para prejuízos em lavouras permanece no Rio Grande do Sul
Veja os vídeos: Ministério da Agricultura diz que nuvem de gafanhotos mudou de direção
X
Divulgação

A nuvem de gafanhotos registrada na Argentina e que ameaçava chegar ao Brasil pelo Rio Grande do Sul deve seguir em direção ao Uruguai A informação foi divulgada pelo Mnistério da Agricultura. Conforme a pasta, a informação foi repassada pelo Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa).


Os gafanhotos são da espécie Schistocerca cancellata (conhecida popularmente por gafanhoto migratório sul-americano), têm como característica o hábito de comportamento coletivo, se deslocando em massas migratórias, e representam uma ameaça pelo fato de que se alimentam de vegetais, possivelmente causando dano a lavouras e pastagens.


Mesmo com a previsão de especialistas argentinos de que a nuvem de gafanhotos migre para território uruguaio, o ministério, considerando a proximidade com a região fronteiriça do Brasil, emitiu alerta para que sejam tomadas as medidas cabíveis de monitoramento e orientação aos agricultores da região, em especial no RS, para a adoção eventual de medidas de controle da praga caso a nuvem ingresse em solo brasileiro.


De acordo com o ministério, pragas do inseto acontecem no Brasil desde o século 19 e causaram grandes perdas às lavouras de arroz na Região Sul do país nas décadas de 1930 e 1940. Desde então, têm permanecido na sua fase "isolada", que não causa danos às lavouras, pois não forma as chamadas "nuvens de gafanhotos".


Veja os vídeos



 


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados