Segunda, 13 de julho de 2020
47 99609-9282
Geral

26/05/2020 ás 18h23

AdminX

Itapema / SC

Empresa de Jaraguá do Sul entrega primeiros respiradores ao Governo de Santa Catarina
Indústria deve entregar outros 400 equipamentos nas próximas semanas
Empresa de Jaraguá do Sul entrega primeiros respiradores ao Governo de Santa Catarina
X
Divulgação

O Governo de Santa Catarina recebeu 100 dos 500 novos respiradores e monitores adquiridos da WEG S.A – empresa de Jaraguá do Sul –, nesta terça-feira, 26, nem uma força-tarefa que envolveu equipes do Governo do Estado e iniciativa privada. São 100 equipamentos que serão entregues para os hospitais da rede SUS de todas as macrorregiões catarinenses, nos municípios Joinville, Chapecó, Itajaí, Criciúma, Brusque, Timbó, São Miguel do Oeste e Lages. Os critérios da entrega respeitam a taxa de ocupação de leitos e o número de casos positivados das últimas 48 horas.


Os 500 respiradores foram adquiridos em tempo hábil para o enfrentamento ao Covid-19, graças à fundamentação técnica feita pela Superintendência de Vigilância em Saúde da Secretaria, junto à Anvisa, que permitiu celeridade no processo.


“Com isso, Santa Catarina poderá dobrar sua capacidade de leitos de UTI em três meses. Já passamos de mais de 1200 leitos no Estado.”, ressalta o Secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.


Além de contar com mais de 1200 leitos de UTI, Santa Catarina segue com uma das menores taxas de letalidade do país e está entre os 10 Estados com maior transparência no Combate ao covid-19.


Governo investiu R$ 33 milhões e não recebeu equipamentos da China


O Governo do Estado enfrenta uma CPI na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina) pela compra de 200 respiradores da China. A operação envolveu uma empresa do Rio de Janeiro, que não tinha autorização para comercializar os modelos. A suspeita de superfaturamento e pagamento adiantado também são investigados pelos deputados. Apenas 50 aparelhos chegaram a Santa Catarina, mas ainda não foram liberados para uso. O caso resultou em uma operação policial e na queda de dois secretários de Estado.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados