Terça, 26 de maio de 2020
47 99609-9282
Política

22/05/2020 ás 10h06 - atualizada em 22/05/2020 ás 10h09

AdminX

Itapema / SC

Moisés poderá ser investigado pela CPI dos Respiradores por ter assinado compra de aparelhos
Na semana passada, um ofício de Valdir Cobalchini, deputado pelo MBD, pediu que Moisés seja ouvido pela CPI
Moisés poderá ser investigado pela CPI dos Respiradores por ter assinado compra de aparelhos
X
Secom

Incluir o governador Carlos Moisés (PSL) entre os investigados da CPI dos Respiradores na Alesc não é consenso entre os membros da comissão. O deputado Ivan Naatz (PL), informa que levará adiante a investigação, ele é relator da CPI. O colegiado, entretanto, deve definir nos próximo encontros como o assunto será tratado.

Na semana passada, um ofício de Valdir Cobalchini, deputado pelo MBD, pediu que Moisés seja ouvido pela CPI. O assunto entrou em discussão nesta quinta-feira (21), e a deliberação foi a de que Moisés poderá ser ouvido, mesmo que não se tenha discutido datas.

Naatz falou em investigar Moisés devido à divulgação de uma proposta de preço de respiradores oferecida ao estado, mais baixa do que a da Veigamed. Essa proposta teve a assinatura do governador. Trata-se de um outro processo de compra feito pela empresa catarinense Intelbras, que continua correndo.

Presidida pelo deputado Sargento Lima (PSL), e com Naatz como relator, a CPI também tem como membros os deputados Cobalchini, Moacir Sopelsa (MDB),  Felipe Estevão (PSL), Fabiano da Luz (PT), João Amin (PP), Milton Hobus (PSD) e Marcos Vieira (PSDB).

Com informações de Dagmara Spautz


 


 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados