domingo, 09 de agosto de 2020
47 99609-9282
Política

19/05/2020 ás 17h29 - atualizada em 19/05/2020 ás 17h43

AdminX

Itapema / SC

Retirado o Projeto que autorizava a volta às aulas em Santa Catarina
O projeto seria lido nesta terça-feira (19) na Alesc
Retirado o Projeto que autorizava a volta às aulas em Santa Catarina
X
Divulgação

O deputado João Amin (PP) comunicou a retirada do Projeto de Lei que autorizava o retorno das atividades escolares em Santa Catarina. O projeto versava sobre o retorno gradativo às aulas e seria lido nesta terça-feira (19) na Alesc.

O parlamentar destacou que vinha debatendo este tema com representantes da área de Educação, tendo inclusive promovido a convocação do secretário de Estado da pasta para uma sessão especial na Casa Legislativa. “A Educação também precisa ser tratada como uma atividade essencial e foi esse o objetivo do nosso projeto. Tenho convicção de que o colapso escolar é iminente, tendo em vista a falência econômica que se avizinha”.

Segundo o deputado, o projeto não obrigava, mas autorizava àquele que não tinha condição de manter os filhos em casa a ter a opção da escola. “Propusemos uma alternativa, com transição gradativa e um cronograma de retorno responsável. Porém, o projeto foi destorcido e uma campanha contrária foi orquestrada para desconstruir a proposta”.

João Amin também informou que tentou contato com o secretário de Educação com intuito de aprimorar a matéria, mas que o mesmo negou-se ao diálogo. “Não resta dúvida que este governo não trata a educação como prioridade. Em 65 dias de pandemia este assunto não teve a atenção devida, mas ontem – depois de protocolado o PL – o secretário resolveu aparecer em live ao lado do governador”.

O deputado finalizou dizendo que sua preocupação é que a polêmica pudesse causar mais dificuldades do que contribuições. “Alcançamos o objetivo que era lançar luz sobre o tema, trazer o assunto ao debate e o governo parece ter despertado para isso. Convido a todos aqueles que se engajaram nas nossas discussões a continuarmos tratando a Educação como necessidade fundamental dos nossos jovens”.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados