Sábado, 06 de junho de 2020
47 99609-9282
Brasil

31/03/2020 ás 08h44

AdminX

Itapema / SC

SP: Hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein afastam mais de 450 funcionários por conta do coronavírus
A doença chegou forte nos dois principais hospital da capital São Paulo
SP: Hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein afastam mais de 450 funcionários por conta do coronavírus
X
Nachu Doce/Reuters

Os dois principais hospitais de São Paulo tiveram que afastar um total de 452 funcionários por conta do novo coronavírus. No Sírio Libanês foram 104 e no Albert Einsten, 348.


 


Um levantamento do Sindicato dos Servidores de São Paulo, com dados do Diário Oficial da Cidade, aponta que de 1.º a 28 de março houve 1.080 afastamentos na rede pública por suspeita de contaminação.


 


Em nota, divulgada nesta segunda-feira, 30, o Einstein informou que “348 dos 15 mil colaboradores (2%) foram diagnosticados com a doença, e 13 estão internados”. De acordo com o hospital, “desses, 169 (1%) são da assistência (profissionais com formação em saúde, como médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem) e 47 deles já retornaram ao trabalho.”


 


Os trabalhadores dos hospitais e unidades de saúde estão reclamando da falta de equipamentos de proteção individual (EPI), o que prejudica as condições de trabalho em diversos hospitais, ambulatórios, Upas e Amas.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados