keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Município de Itajaí registra 213 casos de dengue em 2020

Secretaria de Saúde tem reforçado as ações de controle na cidade

O Município de Itajaí já registra 213 casos de dengue neste ano. O número representa um aumento de 156% em comparação ao ano passado inteiro, quando foram contabilizados 83 casos. Do total de pessoas contaminadas em 2020, 177 pacientes contraíram a doença na cidade (autóctones), 17 casos são importados e 19 são indeterminados, quando a pessoa circulou por várias cidades. Por conta do aumento, a Secretaria Municipal de Saúde tem reforçado as ações de controle ao mosquito Aedes aegypti e as orientações à população.

Conforme o Programa de Controle da Dengue, os bairros com mais casos de dengue registrados são: Cordeiros (84 casos), Fazenda (47), São Vicente (08) e Vila Operária (08). O gerente de Controle de Zoonoses do município, Lúcio Vieira, alerta que a transmissão e circulação do vírus têm se mantido durante o inverno.

“Em anos anteriores, a circulação do vírus e a transmissão não ocorria no inverno, reduzindo o número de casos. Neste ano, temos notado que os casos seguem ocorrendo e não podemos deixar isso acontecer. A população tem que fazer sua parte, vistoriando o seu quintal uma vez por semana, eliminando locais com água parada ou que possam acumular e não jogando lixo e entulho em terrenos baldios”, destaca Vieira.

O gerente relata ainda que os pontos preferidos pelo mosquito Aedes aegypti para depositar seus ovos são latas, pneus, garrafas, potes plásticos e lonas. “Estes depósitos merecem atenção extra dos moradores. Uma simples tampinha com água parada pode se tornar um criadouro”, reforça.

Ações de combate

Para combater a doença, o Município de Itajaí tem realizado uma série de ações de prevenção. Entre elas: mutirão de limpeza pela cidade e interior, aplicação de inseticida em locais com casos positivos, fiscalizações em ferros-velhos, ações de limpeza em residências de acumuladores, mutirão de limpeza em cemitérios, entre outras. Também já foram realizadas neste ano 169.786 visitas pelos agentes de combate a endemias em casas, comércios, armadilhas e pontos estratégicos para eliminação de focos e criadouros do Aedes aegypti. Ao todo, 735 focos positivos foram identificados e eliminados neste ano. As equipes de agentes seguem atuando nos bairros Cordeiros, São Vicente, Cidade Nova e São Judas.

“Mesmo com todas essas ações realizadas pelo município ainda estamos registrando casos de dengue. Precisamos da colaboração da comunidade para eliminar os locais com água parada. Se cada um fizer a sua parte conseguiremos controlar a transmissão da doença”, afirma Lúcio Vieira. Os moradores também podem denunciar locais com risco de proliferação do Aedes aegypti para o Programa de Controle da Dengue pelo telefone (47) 3249-5573, no e-mail dengue@itajai.sc.gov.br ou ainda pelo aplicativo de celular da prefeitura, o Conecta.í.

 

Cidades

Porto Belo decide proibir festa em escuna, no Caixa D’aço, que era anunciada nas redes sociais

A prefeitura de Porto Belo anunciou que proibiu a Seaparty 2ª Edição, que estava prevista para o próximo dia 23, em uma escuna na praia do Caixa D’aço. Os ingressos estavam sendo vendidos a R$ […]

Cidades

Polícia Civil desvenda homicídio em São José

Após investigações, a Polícia Civil desvendou o crime de homicídio praticado na direção de veículo automotor ocorrido na noite do dia 13/12/2020, em São José, na Grande Florianópolis. A ação é da Divisão de Investigação […]

Cidades

Apresentador Ratinho passa final de semana em Itapema, visita a prefeitura e compra sapatos em São João Batista

O empresário e apresentador de televisão Carlos Massa, o Ratinho, passa o final de semana em sua casa em Itapema. Ele é mais uma das celebridades que escolheu Itapema e o litoral de Norte de […]

Cidades

Caminhão tomba na BR-101 e deixa criança em estado grave

Menino foi encaminhado ao Pronto Atendimento de Garuva

Cidades

Vídeo: Jacaré ataca cachorro e acaba morto por moradores no litoral catarinense

Um Jacaré foi morto por moradores da Localidade de Barra do Saí, em Itapoá, depois que ele atacou o cachorro de uma moradora. Com mais de dois metros de comprimento o animal largou o cão, […]

Mais notícias