keyboard_backspace

Página Inicial

Coronavírus

Município de Itajaí formaliza tratativas para compra de outras duas vacinas contra Covid-19

Administração fez contato com farmacêuticas e aderiu ao consórcio público da Frente Nacional de Prefeitos

Foto: Divulgação Prefeitura de Itajaí

O Município de Itajaí intensificou, nesta semana, as tratativas para aquisição de vacinas contra a Covid-19. Além do contato com a farmacêutica Pfizer Brasil, agora um ofício de intenção de compra foi enviado à Astrazeneca (Vacina Oxford) e à russa TMT Globalpharm LTD. (Vacina Sputnik V). A Administração Municipal também aderiu ao consórcio público da Frente Nacional de Prefeitos que busca viabilizar a compra dos imunizantes pelas prefeituras. O objetivo é adquirir 400 mil doses para proteger a população itajaiense.

“Sabemos que hoje a prioridade de compra das vacinas tem sido dada ao Governo Federal, mas após a autorização do STF formalizamos o nosso interesse para adquiri-las pelo município, se possível. Não temos medido esforços para proteger a população e vamos continuar adotando todas as medidas necessárias. Com a vacina, reforçamos nosso cuidado com os itajaienses e garantimos uma retomada segura das atividades e da economia”, afirma o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni.

A vacina Oxford/AstraZeneca já foi aprovada para uso emergencial no país. Segundo estudos recentes, o imunizante reduz em 67% a transmissão do novo coronavírus e tem 76% de eficácia entre o 22º e o 90º dia após a aplicação da primeira dose. A eficácia aumentaria para 82,4% depois da segunda dose, com intervalo de três meses entre as aplicações.

Já a vacina russa Sputnik V, produzida pela The Gamaleya Center, ainda não foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso no país. Este imunizante é aplicado em duas doses e, conforme estudos publicados, teria eficácia de 91,6%.

Frente Nacional busca aquisição de vacinas

A adesão ao consórcio público da Frente Nacional de Prefeitos, que deve ser instituído em março, também busca a aquisição de vacinas para a população. A ideia do consórcio é que as prefeituras possam comprar os imunizantes caso o Plano Nacional de Imunização (PNI), coordenado pelo Ministério da Saúde, não seja capaz de suprir toda a demanda.

Neste caso, os recursos para compra de vacinas poderão ser disponibilizados de três formas: por meio dos municípios consorciados, de aporte de recursos federais e de eventuais doações nacionais e internacionais. 

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Coronavírus

Itajaí inicia aplicação da quarta dose contra Covid-19 em idosos com 65 anos ou mais

Imunizante estará disponível nas unidades de saúde do município a partir das 13h de segunda-feira (23)

Coronavírus

Balneário Camboriú registra 8 novos casos de Covid-19

Até o momento, o município registrou 485 mortes por Covid-19 no sistema da Vigilância Epidemiológica

Coronavírus

Itajaí não tem mortes por Covid-19 há um mês

Cidade também atingiu a marca de mais de 300 mil testes realizados na população

Mais notícias

Segurança

Jovem de 19 anos morre após capotar o carro e cair em córrego

A vítima teve o corpo parcialmente lançado para fora do carro

Segurança

Jovem é encontrado morto em calçada com a boca cheia de terra

Segundo informações, o jovem foi encontrado em uma calçada, inconsciente e com sinais de espancamento na cabeça