keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Mulher é morta a tiros depois de cobrar dívida de ex-marido em Florianópolis

A vítima deixa três filhos, incluindo uma criança de seis anos

X
Divulgação

Uma mulher de 43 anos foi morta a tiros em Florianópolis no final da tarde desta segunda-feira (8). Segundo o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar, o suspeito do crime, de 60 anos, é ex-companheiro da vítima. Ele fugiu em um carro e foi preso cerca de três horas depois em Porto Belo, no Litoral Norte de Santa Catarina.

 Os socorristas foram chamados perto das 17h30. O assassinato ocorreu na Avenida Marinheiro Max Schramm. Testemunhas relataram que a mulher esteve na revendedora de carros para fazer uma cobrança ao ex-companheiro e eles teriam discutido. De acordo com os bombeiros, a mulher foi atingida por sete tiros.

A Polícia Militar informou que o suspeito fugiu em um carro C3, usado por ele para ir até o local do crime. Por volta das 22h, a Polícia Militar informou que o suspeito foi preso em uma residência em Porto Belo. A arma que teria sido usada no crime foi localizada na casa do irmão do suspeito, em São José, na Grande Florianópolis.

A vítima deixa três filhos, incluindo uma criança de seis anos.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Idosa sai para ir a uma festa e é encontrada 10 dias depois em buraco pela família

Idosa saiu de uma festa de aniversário no dia 13 de fevereiro para ir para casa e caiu dentro de uma grota

Segurança

Foragido por dois homicídios é preso em Florianópolis

Captura ocorreu no início da madrugada de terça-feira (23) pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Palhoça

Segurança

Polícia Civil de Itapema prende homem que estava foragido do Paraná desde 2013

Ele é suspeito de ter praticado os crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse de arma de fogo permitido e restrito.

Mais notícias

Geral

Filhote de cachorro nasce com 6 patas nos Estados Unidos

Os estudos apontam que provavelmente o cachorro tem a deficiência pois era uma parte de um gêmeo no útero "mas quando o óvulo fertilizado tentou se partir, não se separou totalmente".

Cidades

Justiça condena construtora a pagar R$100 mil a vizinhos de edifício em construção

Imóvel vizinho ao empreendimento registrou diversos danos em sua estrutura durante o andamento da obra