keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Motoboy entrega lanche no Batalhão da PM e é multado por policial em Brusque

Caso gerou revolta entre a categoria na cidade

X
O Município/Visor Notícias

Segundo reportagem do jornal O Município, um motoboy da cidade de Brusque foi multado após entregar um lanche no 18º Batalhão de Polícia Militar da cidade na última segunda-feira (21).

A reportagem informou que o homem trabalha como entregar para o aplicativo iFood e, por volta das 15h30min, quando chegou ao local para entregar o pedido, foi abordado por um policial que aplicou uma multa.

Ele foi multado, segundo a PM, pois estava sem o dispositivo de proteção para pernas e motor, sem dispositivo de fixação permanente ou removível, transportando a carga em mochila térmica, sem dispositivo aparador de linha e que não tinha curso especializado. A multa causou resolva entre colegas de profissão.

Para o O Município, o motoboy contou como foi abordado. Segundo ele, quando chegou ao local fazer a entrega, um sargento da PM solicitou sua CNH e documentos do veículo. O sargento disse ao motoboy para realizar a entrega e depois passar em sua sala para receber a multa.

Ele ressalta que a moto está com os documentos em dia, tem mais de dez anos de Carteira de Habilitação com categoria A/E, pois atuou por anos como condutor de veículo de emergência. A multa se baseia nos equipamentos que estão sendo exigidos para a profissão. O homem informa que nunca recebeu multa, perdeu pontos ou sofreu acidentes.

Segundo o homem, em Brusque não há regulamentação da categoria por parte do município. Também não há curso de moto frete e placa de aluguel para os motoboys.

De acordo com o comandante da Polícia Militar de Brusque, Otávio Manoel Ferreira Filho, as multas estão sendo aplicadas nos motoboys devido ao aumento dos profissionais do ramo em Brusque e número de óbitos que ocorrem com motociclistas na cidade.

Sobre os itens para atuar como motoboy, o comandante informa que é obrigatório ter o corta linha de pipa, para que caso haja uma linha com cerol, o motociclista não sofra cortes no pescoço. Também é necessário ter o mata-cachorro, para proteção das pernas.

Fonte: O Município

Geral

Crianças acham que os pais estão dormindo e ficam três dias em casa, com eles mortos na cama

Caso só foi descoberto porque o casal faltou a uma reunião de família

Geral

Centro de Eventos de BC, governador confirma concessão do empreendimento

Até o momento, foram investidos aproximadamente R$ 139 milhões na construção do espaço

Geral

Área recuperada pelo Estado após atuação da PGE vira farmácia no Hospital Infantil

Mudança para o novo espaço facilitou a distribuição e abastecimentos de insumos

Geral

MPSC condena integrantes de facção criminosa por homicídio e ocultação de cadáver

Homicídio triplamente qualificado foi praticado contra integrante de uma facção rival

Mais notícias