keyboard_backspace

Página Inicial

Saúde

Morador de Itajaí morre vítima da dengue

Boletim Epidemiológico confirma ainda 211 casos da doença em 2022, uma redução de 40% em relação ao ano passado

Foto: Reprodução

A Secretaria de Saúde de Itajaí, através da Diretoria de Vigilância Epidemiológica, confirmou uma morte em decorrência de contaminação por dengue na cidade. A vítima, um homem de 83 anos, possuía comorbidades e faleceu devido às complicações da doença. A confirmação ocorreu após investigação do Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN/SC) e da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE). Ao todo, 211 casos de dengue foram confirmados em Itajaí neste ano.

Em 2022, foram identificados 691 focos do mosquito Aedes aegypti em 17 localidades de Itajaí. Em comparação com o mesmo período em 2021, o Município registrou redução de 22%. O bairro Cordeiros teve o maior número, com 183 focos encontrados.

Além disso, foram notificados 1.713 casos suspeitos de dengue em Itajaí. No entanto, 211 foram confirmados, 951 descartados, 449 seguem sob investigação e 102 são residentes de outras cidades. O número representa redução de 40% nos casos confirmados em relação ao período de janeiro a junho de 2021.

Dos casos confirmados, 100 são autóctones (transmissão dentro do município), 17 são importados (transmissão fora do município), 10 são indeterminados (não foi possível definir o local provável de infecção) e 84 estão sob investigação. O bairro São João é o local com mais infecções, totalizando 20.

O boletim epidemiológico informou ainda que no período de janeiro a junho de 2022 o Município não teve registro de casos positivos de chikungunya e zika vírus.

Município reforça prevenção

O Programa de Controle da Dengue de Itajaí segue com atividades de prevenção nos bairros São Judas, Cordeiros, Barra do Rio e São João. Os agentes eliminam criadouros do mosquito e orientam os moradores sobre os cuidados necessários.

“As últimas chuvas têm colaborado para a proliferação do Aedes aegypti, por isso precisamos que a população colabore. As pessoas têm que entender que a eliminação de locais com água parada deve ser feita continuamente. Mesmo com a chegada do inverno a proliferação do mosquito continua, pois ele está se adaptando. Precisamos da ajuda de todos, a dengue é uma doença séria e pode levar a morte, como ocorreu neste ano”, reforça o gerente de Controle de Zoonoses, Lúcio Vieira.

Confira algumas orientações para evitar a proliferação do Aedes aegypti:

• Evitar usar pratos nos vasos de plantas. Se utilizar, colocar areia até a borda;
• Guardar garrafas com o gargalo virado para baixo;
• Deixar lixeiras tampadas;
• Deixar os depósitos para guardar água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;
• Tratar a água da piscina com cloro e limpe-la uma vez por semana;
• Manter ralos fechados e desentupidos;
• Lavar com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;
• Retirar a água acumulada em lajes;
• Dar descarga no mínimo uma vez por semana em banheiros pouco usados;
• Manter fechada a tampa do vaso sanitário;
• Evitar o acúmulo de entulho, pois ele pode se tornar local de foco do mosquito da dengue.

Denuncie a existência de possíveis criadouros de Aedes aegypti para a Secretaria Municipal de Saúde pelo telefone (47) 3249-5573. 

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Saúde

São José retoma a vacinação contra a Covid-19

São José possui 86% da população vacinada com a segunda dose e 44% com o primeiro reforço

Saúde

Em Joinville, governador anuncia abertura de novos leitos de UTI e meta para dobrar cirurgias eletivas

Governador também anunciou que o Estado dobrará o número de cirurgias eletiva

Saúde

Governo abre 47 leitos em 15 dias em Santa Catarina

Além disso, a SES está pactuando junto à rede privada a ampliação dos leitos de UTI

Saúde

Balneário Camboriú promove “Arraiá da Vacina” neste sábado

Secretaria de Saúde do município promove o "Arraiá da Vacina" - evento temático de incentivo a imunização

Saúde

Saúde confirma sétimo caso de varíola dos macacos no Brasil

Paciente tem 34 anos e é tratado em casa no Rio Grande do Sul

Mais notícias

Segurança

Polícia Civil investiga morte de bebê de cinco meses em Criciúma

Óbito ocorreu dentro de casa na noite de sexta-feira (24)

Geral

Familiares se despedem do jornalista Dom Phillips em Niterói

Família disse que seguirá atenta aos desdobramentos das investigações