keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Ministério Público apura atendimento pediátrico na atenção básica de saúde de Florianópolis

Um inquérito civil foi aberto pela 10ª Promotoria de Justiça da Comarca da Capital

Foto: Divulgação MPSC

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) instaurou inquérito civil para apurar suposta deficiência nos atendimentos pediátricos realizados pela Atenção Básica de Saúde no Município de Florianópolis, sobrecarregando o Estado de Santa Catarina com encaminhamentos para estabelecimentos responsáveis por atender as demandas de média e alta complexidade.  

O inquérito foi aberto pela 10ª Promotoria de Justiça da Comarca da Capital, uma vez que a realização do atendimento ideal nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do Município de Florianópolis poderia contribuir para a diminuição do fluxo de atendimentos junto ao Hospital Infantil Joana de Gusmão.  

A suposta deficiência foi relatada ao titular da 10ª Promotoria de Justiça e ao Coordenador do Centro de Apoio Operacional dos Diretos Humanos (CDH) do MPSC, Promotor de Justiça Douglas Roberto Martins, em visita realizada ao hospital na quarta-feira (13/7).  

Na ocasião, a direção do hospital informou que o volume de atendimento na emergência não difere muito do de 2019, antes da pandemia. Porém, há uma complexidade maior dos casos, exigindo mais internações em UTI – podendo esta complexidade estar sendo ampliada pelo atendimento deficiente na Atenção Básica dos municípios da grande Florianópolis.  

Diante disso, ao instaurar o inquérito civil, o Promotor expediu ofício ao Secretário da Saúde de Florianópolis, questionando as condições dos atendimentos pediátricos realizados nas UBS e nas UPA no Município, esclarecendo sobre a quantidade de médicos pediatras e escala de serviço; o número de atendimentos realizados na rede de atenção primária que são encaminhados ao Hospital Infantil Joana de Gusmão; e se há, por parte do Município, ações em curso visando ampliar a rede de atendimento pediátrico, apresentando, se houver, esclarecimentos a respeito.  

O prazo para resposta ao ofício é de 48h, a contar do recebimento pelo destinatário. 

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Geral

Vidente diz que BC será destruída por catástrofe e divulga números que serão sorteados na Mega-Sena

A "vidente das estrelas" publicou as previsões em seu Instagram nesta terça-feira (16)

Geral

Vídeo: Veja como será o túnel para travessia entre Itajaí e Navegantes, em Santa Catarina

A travessia entre as cidades de Itajaí e Navegantes, em Santa Catarina, deve ganhar um túnel submerso, agilizando a travessia do rio Itajaí-açu, que hoje depende um sistema de balsas (ferry boat). A associação dos […]

Geral

Equipamentos operacionais permanecerão no Porto de Itajaí durante processo de desestatização

Garantia foi dada pelo Governo Federal, por meio da Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, durante reunião em Brasília

Geral

Menina de BC luta contra o tempo e precisa de R$100 mil para cirurgia

CONTRIBUA CLICANDO AQUI Uma menina de 11 anos, moradora de Balneário Camboriú, precisa de ajuda para arrecadar R$100 mil e poder levar uma vida normal. Geovana luta contra uma escoliose agressiva e dolorosa. O desvio […]

Mais notícias

Segurança

Polícia apreende 356 kg de maconha na BR-101

O motorista, de 34 anos, não quis revelar onde entregaria a maconha

Mercado Imobiliário

Evento em Florianópolis reúne especialistas para incentivar inovação na construção civil

Primeiro evento da Vertical Construtech da ACATE acontece dia 18 de agosto, das 13h às 21h, no CIA Primavera, em Florianópolis