keyboard_backspace

Página Inicial

Esportes

Mesmo com multas, torcedores do Flamengo fizeram aglomeração no Rio

Fiscalização aplicou 25 multas na noite de ontem durante jogo

X
Lucas Figueiredo/CBF

As equipes de fiscalização da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) do Rio de Janeiro, aplicaram 25 multas em estabelecimentos por aglomeração e outras irregularidades na noite de ontem (25) em locais onde houve intensa aglomeração de torcedores do Flamengo. As multas foram resultado da ação conjunta da Seop com a Guarda Municipal e o Instituto de Vigilância Sanitária (Ivisa), além do apoio da Polícia Militar. Na fiscalização houve patrulhamento e monitoramento de diversas áreas da cidade durante a transmissão do jogo do Flamengo, com a participação de 100 agentes.

A operação foi feita na Rua Dias Ferreira e Avenida Ataulfo de Paiva, no Leblon; Praça Santos Dumont, na Gávea, as duas áreas na zona sul; nas Avenidas Olegário Maciel e Érico Veríssimo, na Barra da Tijuca, na zona oeste; na Praça Varnhagem, na Tijuca e entorno do Maracanã, na zona norte; e na Lapa, centro da cidade.

Os fiscais flagraram ainda outras irregularidades como distanciamento inadequado entre mesas, pessoas consumindo bebidas em pé ou fumando em ambiente fechado, e falta de autorização para mesas e cadeiras em área externa. “As autuações foram feitas por fiscais da Vigilância Sanitária e da Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização (CLF), da Seop”, informou a secretaria.

Agentes da Coordenadoria de Controle Urbano (CCU), vinculada à Seop, orientaram ambulantes não autorizados a desocupar o espaço público na Praça Santos Dumont e na Rua Rainha Guilhermina (Leblon). Dois veículos por estacionamento irregular foram removidos pela Coordenação de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer), que também é um órgão da pasta.

Pelos dados da Seop, desde o início das ações conjuntas coordenadas pela Seop, no dia 15 de janeiro, para fiscalizar as medidas de proteção à vida e combate à covid-19, foram registradas 655 inspeções em estabelecimentos, 397 infrações sanitárias e 94 interdições, incluindo de eventos clandestinos e comércios com aglomeração.

Aglomerações

Ontem torcedores do Flamengo se aglomeraram em vários pontos do Rio para acompanhar o jogo e depois nas comemorações pelo segundo título consecutivo do Campeonato Brasileiro. Na Praça Varnhagem, na Tijuca, onde foi feita a fiscalização, era grande a quantidade de pessoas em grande parte sem máscaras de proteção e houve confusão com a chegada de policiais militares. Um homem foi preso. O mesmo cenário se viu em Copacabana e no Leblon, na zona sul, repetindo as aglomerações que já se tornaram constantes nesses bairros. Na zona oeste, além da Barra da Tijuca, várias ruas do Recreio estavam cheias de torcedores do clube, como se a cidade não estivesse em meio a pandemia da covid-19.

Hoje cedo, foi a vez do Aeroporto Internacional Tom Jobim/RioGaleão, na zona norte. Parte da torcida foi ao local para receber a delegação do Flamengo que voltava para o Rio, depois do jogo de ontem à noite em São Paulo. Muitos ficaram na área de desembarque, mas os que tentaram se deslocar para o portão do terminal de cargas, onde haveria a saída do ônibus com alguns jogadores, foram impedidos pela Polícia Militar, que bloqueou a passagem.

Fonte: Agência Brasil

Esportes

Marcílio Dias abre votação para escolha da terceira camisa de 2021

A votação inicia nesta terça e segue até domingo, dia 11. A escolha cabe somente aos sócios adimplentes do Marcílio Dias, que devem entrar no site www.sociomarinheiro.com.br para eleger a sua preferida

Esportes

São José e Florianópolis se candidatam para sediar Jasc 2021

O próximo passo da Fesporte é analisar toda a infraestrutura dos municípios postulantes à sede.

Esportes

São José destina R$ 1,3 milhão e reafirma compromisso com o Esporte em 2021

Prefeito Orvino destacou que o esporte é a ferramenta mais poderosa de inserção do jovem na sociedade

Esportes

Jaraguá do Sul desiste dos Jasc 2021 e Fesporte busca alternativas para outras sedes da competição

No documento, a gestão municipal cita a questão da pandemia de Covid-19, ressaltando que o momento é de incertezas que envolvem, inclusive, o risco de vida

Mais notícias

Economia

Consumo de gás natural em Santa Catarina cresceu 8,5% em março

Entre os setores que utilizam gás natural, o destaque no consumo foi a indústria

Cidades

Audiência Pública discute LDO e PPA em Porto Belo

A Lei de Diretrizes Orçamentárias, - LDO, estabelece as metas e prioridades da Administração Pública para o exercício financeiro seguinte, orientando a elaboração e execução do Orçamento