keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Massa de ar polar que se aproxima da região Sul é seis vezes maior que o normal

Vórtice de ciclone reforça o ar frio e favorece a ocorrência de neve nas cidades mais altas

X

O meteorologista Maicon Veber, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), revelou em uma entrevista ao portal da BBC Brasil, que  massas de ar frio como essa que se aproxima da região se formam próximas a regiões polares. Elas sobem pelo sul da Argentina e podem se deslocar mais próximas ao oceano ou pelo continente, dependendo das condições. No caso da massa que está em deslocamento, ” ela segue pelo continente e tem a característica de ser mais fria e seca. Amanhã (hoje, 19), ela deve chegar no centro-sul do Rio Grande do Sul e se desloca até o sul da Amazônia. Ela ainda pega o Paraguai, Bolívia, Centro-Oeste, Sudeste e Sul. Além dos Estados do Acre e Rondônia”, afirmou Veber.

Não é possível afirmar que esse fenômeno é causado pelas mudanças climáticas porque o aparecimento dessas massas já ocorreram muitas outras vezes no passado. Porém, é consenso entre os meteorologistas de que esta terá uma grande intensidade.

Maicon Veber diz que uma massa de ar frio normalmente tem pouco mais de 1 km de espessura, que vai da superfície em direção à atmosfera. Por ser fria e pesada, ela se localiza e desloca próxima ao solo.

Já esta coluna de ar frio que se aproxima tem de 5 a 6 km de espessura.

“É uma massa bastante significativa e deve tomar conta de boa parte do continente. O Centro-Oeste e Sudeste devem ter recordes de temperatura mais baixas do ano. Mas vamos ter que esperar para saber se vai ser um frio histórico. Só quando tivermos os dados durante a passagem dela”, afirmou o meteorologista do Inpe.

Ele disse que a diferença mais marcante dessa massa de ar é que há uma chance de nevar no Sul por conta também de um sistema que chegará à região logo após a chegada desse sistema.

“A partir de quinta-feira, um sistema chamado de vórtice de ciclone vai se deslocar e causar instabilidade, além de provocar uma condição de neve. Ele vai reforçar esse ar frio sobre o Sul a uma altitude mais alta e mais úmida que a massa de ar frio e deixar o tempo instável, numa configuração ideal para a formação de neve”, disse Veber.

Cidades

Porto Belo ganha nova loja do Komprão Koch Atacadista

A segunda loja da rede atacadista será inaugurada no próximo dia 24 de junho, no Balneário Perequê

Cidades

FG inicia construção de novo edifício com apartamentos com mais de 140 m² em BC

A FG Empreendimentos, que figura como a maior construtora do sul do país e que assina seis dos 10 empreendimentos mais altos do Brasil, iniciou a construção de empreendimento: o Horizon Residence que apresenta apartamentos […]

Cidades

Associação de bairro atende 50 crianças e adolescente com curso de culinária em Itapema

Semanalmente cerca de 50 crianças e adolescentes participam do curso de culinária oferecido pela Associação do Bairro Casa Branca em contraturno escolar. A instituição também é uma das contempladas com os recursos do Fundo da […]

Cidades

Itajaí dá início ao novo binário das avenidas Marcos Konder e Sete de Setembro

Sete de Setembro e Marcos Konder formarão um novo binário, o quarto implantado desde o último ano

Cidades

Balneário Camboriú tem ruas interditadas por conta de alagamentos neste sábado (19)

A Avenida das Flores, uma das principais saídas da cidade, tem pontos de alagamentos. A via precisou ser interditada até o escoamento da água

Mais notícias

Segurança

Mulher que matou filha de 41 dias de vida é condenada a mais de 18 anos de prisão em Chapecó

Segundo depoimentos, ao ser informada sobre a morte da bebê, a mãe não teria esboçado reação e não parecia nervosa.

Geral

Após um ano do julgamento dos royalties no STF, SC ainda trava luta judicial por recursos

O indicativo de receber R$ 300 milhões correspondia apenas aos valores depositados ao Paraná, com correção monetária, mas sem juros.