keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Mar recua em diversas cidades de Santa Catarina e assusta moradores

Repercutiu nas redes sociais um vídeo gravado por moradores da Praia do Gravatá, em Navegantes, onde mostra o recuo do mar na terça-feira (4). O fato surpreendeu muitas pessoas que moram próximo ao local. Em uma ilha que fica próximo ao costão era possível até ir a pé. Na gravação, a pessoa que está filmando ainda brinca: “vai vir um tsunami aí”. Mas, fique tranquilo, não é bem assim. O fenômeno foi causado pela influência dos ventos e da chamada “Maré de Sizígia” e ocorre em toda Santa Catarina.

De acordo com o oceanólogo da Epagri/Ciram, Argeu Vanz, isso ocorre por causa da  maré que fica baixíssima — popularmente chamada de “torrada”, de tão seca. O fenômeno acontece por dois fatores: o primeiro deles é a influência da lua cheia no mar, a tal da sizígia, que é o alinhamento dos astros. Isso faz com que a diferença entre as marés baixa e alta seja grande. Soma-se esse fenômeno aos ventos que vêm soprando na direção nordeste e, pronto, o caso está desvendado. Mas, diferente das outras vezes, é que existe esse vento atuando. Ele afasta a água da costa, e faz com que as marés baixas fiquem mais baixas ainda, o que acaba expondo muitas áreas — explica Argeu Vanz.

Quanto ao “medo de tsunami” dos moradores, o oceanólogo explica que não há nenhum indicativo, mas que a preocupação da população é um sinal de que todos estão alertas a esse tipo de ocorrência: “Ainda bem que as pessoas sabem que o tsunami provoca o recuo do mar e que estão atentas. Mas, nesse caso, não é”, diz. Argeu, que é graduado em Oceanologia e mestre em Oceanografia Física, Química e Geológica pela Universidade Federal do Rio Grande, ainda faz um alerta: nesse período de Maré de Sizígia as correntes ficam muito fortes, então há condição para afogamentos. Tudo bem que nem o tempo, nem a pandemia, colaboram para um banho de mar, né? Mas alertar nunca é demais.

Geral

Caminhoneiro procurado por tráfico de drogas é preso na BR-101 em Itapema

Motorista procurado pela Justiça foi preso em Itapema

Geral

Filas na BR-101 aumentam o custo do transporte de cargas em 30%

Velocidade média dos veículos na rodovia é de 39 km/h, menos da metade dos 90 km/h permitido

Geral

Agência Nacional de Águas inclui Santa Catarina no projeto Monitor de Secas

Monitoramento está presente em cinco regiões e conta com 19 Unidades da Federação participantes

Geral

Mais de 4 mil vagas são oferecidas pelo Sine em todas as regiões de SC

Das vagas, cerca de 88 oportunidades são destinadas às pessoas com deficiência (PCDs)

Cidades, Geral

Com influência do La Niña, previsão é de primavera com chuvas irregulares em SC

Além disso, a primavera aumenta a incidência de temporais

Mais notícias