keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Mantida indenização a torcedor que perdeu visão com bala de borracha disparada por PM

A decisão, da comarca de Joinville, foi mantida em julgamento de apelação interposta pelo Estado junto à 2ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, em matéria sob a relatoria do desembargador Sérgio Roberto Baasch Luz

X

Um torcedor que perdeu a visão após ser atingido por uma bala de borracha disparada por guarnição policial, no entorno de um estádio de futebol no Norte do Estado, será indenizado por danos materiais e morais em R$ 45 mil (valor a ser devidamente corrigido) e ainda passará a receber pensão de um salário mínimo por mês.

A decisão, da comarca de Joinville, foi mantida em julgamento de apelação interposta pelo Estado junto à 2ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, em matéria sob a relatoria do desembargador Sérgio Roberto Baasch Luz.

Segundo os autos, o incidente ocorreu em partida do campeonato brasileiro disputada em junho de 2015, quando a equipe local recebeu a visita de uma agremiação da capital paulista. Houve confronto entre as duas torcidas na parte externa do Estádio e a polícia precisou intervir.

Porém, segundo relatos, sua atuação extrapolou os limites, com o lançamento de bombas de gás lacrimogênio e disparos de espingardas com balas de borracha à esmo. O jovem, que estava no ambiente mas não participava do conflito, foi atingido por um dos projéteis no olho.

Em apelação ao TJ, o Estado defendeu que não há prova de que a lesão tenha sido causada por bala de borracha e, muito menos, por um policial militar. Alegou ainda de que a atuação da polícia frente ao tumulto e agressões contra a guarnição foi adequada e necessária, no estrito cumprimento do dever legal e em legítima defesa.Não foi este o entendimento da Justiça.

“Assim, ausente a demonstração de quaisquer das excludentes de responsabilidade civil precitadas e, evidenciado, em contraponto, que o ato perpetrado pelo corpo policial fugiu aos limites do tolerável, extrapolando as prerrogativas inerentes aos agentes públicos de tal natureza, é medida consentânea a manutenção da responsabilização do Estado de Santa Catarina pelos danos reclamados”, anotou o relator, em voto que foi seguido de forma unânime pelos demais integrantes do colegiado.

Geral

Caso Emerson: Corpo do empresário foi encontrado com corda no pescoço

O empresário Emerson dos Santos, de 29 anos, encontrado morto dentro de uma vala próxima à BR-470, no bairro Baú Baixo em Ilhota, nesta terça-feira (24), estava com uma corda amarrada no pescoço. Em avançado […]

Geral

Mulher ganha bebê na sala de casa em Indaial

Uma mulher de 36 anos deu à luz um menino na sala de casa em Indaial na noite desta segunda-feira (23). Segundo informações dos bombeiros, o parto ocorreu no bairro Estrada das Areias. Com isso, […]

Geral

Empresa cria vinho “Bolsonaro Il Mito”; garrafa custa R$139

Além do vinho, a marca também está disponível em sua versão espumante

Geral

Vídeo: Risco de estiagem faz com que Casan use sonda de perfurar petróleo para buscar água na Serra Catarinense

A Casan contratou empresas especializadas com tecnologia semelhante a extração de petróleo, que montou uma plataforma e uma sonda

Geral

Vídeo: Manifestação pede mais agilidade nas buscas por empresário desaparecido em Navegantes

O ato, que ocorreu em Navegantes, reuniu amigos e familiares que pediram mais agilidade nas investigações sobre o caso

Mais notícias