keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Mãe e filha são assassinadas; outro filho é suspeito de ser o autor do crime

Duplo homicídio foi registrado na Serra Catarinense

X

Um homem de 31 anos é suspeito de assassinar a própria mãe e a irmã na noite de quarta-feira (30), em Lages, na Serra catarinense. Os corpos foram encontrados na manhã desta quinta (31), por familiares. As informações foram confirmadas pela Polícia Civil.

O duplo feminicídio ocorreu na casa das vítimas, na José Berlin, bairro Universitário. Terezinha do Carmo de Avila Baccin, de 62 anos e Priscila de Avila Baccin, de 36 anos, foram mortas a facadas. O suspeito morava na mesma casa e teria fugido com o carro da família, pouco depois do crime.

Segundo o delegado David de Oliveira Girardi, a família desconfiou que algo tinha acontecido, porque a filha não apareceu no posto de combustível onde trabalhava pela manhã. Depois disso, uma tia foi até a casa e encontrou os corpos. 

A polícia foi acionada e faz buscas pelo principal suspeito, que teria histórico de esquizofrenia. A investigação ainda tenta confirmar a motivação do crime. 

Fonte: Visor Notícias com informações NSCTotal

Geral

Audiência na Celesc discute investimentos na ampliação da rede em Itapema

Vereadores de Itapema conferiram o cronograma da obra da nova subestação elétrica de Itapema

Geral

Delegado diz que perícia definirá se acidente com ônibus em Guaratuba foi falha humana ou mecânica

Se houve falha mecânica, os responsáveis pela viagem e pelo ônibus podem ser responsabilizados.

Geral

Enxurrada em Guabiruba afeta 2 mil pessoas e prefeitura decreta situação de emergência

No total a enxurrada somou R$ 530 mil de prejuízos públicos até o momento.

Geral

VÍDEO: Vestido de profeta, homem grita versos bíblicos pelas ruas de Nova Trento

Conforme a Polícia Militar, esse homem já caminha pelas ruas de Nova Trento a aproximadamente um ano

Geral

Guarda Ambiental já atendeu mais de 50 ocorrências de maus tratos em BC

A guarnição de maus tratos atende dentro da Guarda Municipal pelo telefone 153.

Mais notícias