keyboard_backspace

Página Inicial

Política

Luciano Hang tem conta no Twitter suspensa em novo desdobramento de investigação do STF contra fakenews

Em nota, o Twitter disse que "agiu estritamente em cumprimento a uma ordem legal proveniente de inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF)"

O Supremo Tribunal Federal (STF), durante investigação por suposta disseminação de fakenews, excluiu contas de aliados ao presidente Jair Bolsonaro no Twitter nesta sexta-feira (24). A exclusão foi decisão do ministro Alexandre de Moraes.

Os perfis são do empresário catarinense Luciano Hang, de Edgard Corona, Otávio Fakhoury, Bernardo Kuster, do presidente do PTB, Roberto Jefferson, do blogueiro Allan dos Santos e do assessor do deputado estadual de São Paulo Edson Salomão.

Essas mesmas pessoas foram alvos de buscas e apreensões autorizadas pelo ministro em maio, ainda em desdobramento do inquérito das fakenews, que apura ataques a ministros da Suprema Corte e disseminação de notícias falsas.

Na época, Moraes determinou o bloqueio de contas em redes sociais, como Facebook, Twitter e Instagram, de 16 investigados.

Em nota, o Twitter disse que “agiu estritamente em cumprimento a uma ordem legal proveniente de inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF)”.

Política

Esplanada: Os bastidores no Congresso após protestos contra Bolsonaro

Leia na Coluna Esplanada de hoje direto de Brasília

Política

Campanha própria

Os gestores municipais também cobram, há dias, do chefe da pasta, Eduardo Pazuello, um cronograma de entrega das vacinas com estimativa mensal até o fim de 2021.

Política

Carlos Villagrán, o Quico do Chaves, se candidata a governador no México

Villagrán faz parte do partido Querétaro Independiente, criado em 2017

Política

Trump é banido do Facebook e Instagram um dia após invasão no Congresso dos EUA

A exclusão pode ser prolongada indefinidamente, segundo Mark Zuckerberg, diretor-executivo das plataformas

Mais notícias