keyboard_backspace

Página Inicial

Turismo

Lideranças discutem Selo Destino Seguro para turismo de Balneário Camboriú

“O selo Destino Seguro trará credibilidade às vendas de pacotes para Balneário Camboriú por parte das agências de viagens, será um diferencial fundamental na nossa retomada”. A afirmação é do presidente do Sindisol, empresário Isaac […]

X
Foto: Divulgação

“O selo Destino Seguro trará credibilidade às vendas de pacotes para Balneário Camboriú por parte das agências de viagens, será um diferencial fundamental na nossa retomada”. A afirmação é do presidente do Sindisol, empresário Isaac Pires, e foi dada ontem (10) durante o anúncio do lançamento do selo municipal na cidade.

O encontro aconteceu à tarde, no Hotel Sibara, e reuniu trade turístico e poder público. Atualmente, as operadoras de turismo já confirmam Balneário Camboriú como um dos destinos mais seguros do país. “Já existem reservas futuras nos hotéis e, o turismo como um todo, aposta em uma retomada gradativa e segura da economia”, comenta o presidente.

Por meio de iniciativa de membros do trade turístico e do Poder Público Municipal, este selo vem para formalizar os cuidados que hotéis, pousadas, bares, restaurantes e diversos segmentos do turismo do município se responsabilizam em cumprir para diminuir os efeitos da crise sanitária e fomentar a economia na região.

Para conquistar o selo “Destino Seguro”, os estabelecimentos ligados ao turismo precisarão cumprir uma série de requisitos da Secretaria de Saúde e Vigilância Epidemiológica. Além disso, precisam estar previamente cadastrados no Cadastur, do Ministério do Turismo.

Preenchendo todos os requisitos e enviando online as documentações solicitadas no site do Destino Seguro, automaticamente será gerado o selo e também um QR Code. O QR Code vai facilitar aos turistas e moradores conhecerem os detalhes do programa de qualificação. A informação também servirá para que os estabelecimentos possam divulgar esta ação do turismo nas redes sociais, sites e afins.

O objetivo da campanha é a máxima adesão dos operadores de turismo do município e também para que Balneário Camboriú conquiste o selo internacional, de mesmo nome, da WTTC (World Travel & Tourism Council).

Com esse reconhecimento, a cidade será vista como uma cidade segura para o turismo, pois segue protocolos e regras reconhecidas internacionalmente para controle da Covid-19. Florianópolis e Salvador são as únicas duas cidades brasileiras que possuem este selo internacional no momento.

Também participaram deste debate o secretário de turismo, Valdir Walendowsky, o presidente do Comtur, Osny Maciel, e membros da Secretaria de Turismo, Saúde e Vigilância Epidemiológica, além de representantes da hotelaria, da Marina Tedesco e do Balneário Camboriú Convention Visitors Bureau.

Turismo

Temporada de Cruzeiros no Brasil é incerta e escalas são canceladas em Porto Belo

A MSC Cruzeiros ainda aguarda a liberação de três escalas previstas para março de 2021 e a confirmação será anunciada pela Fundação Municipal de Turismo

Turismo

Programa Orla Segura e projeto para certificar mais praias com selo Bandeira Azul é lançado pelo Estado

O governador Carlos Moisés e o presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), Leandro Mané Ferrari, lançaram nesta quinta-feira, 22, na Capitania dos Portos em Florianópolis, o Programa Orla Segura, de […]

Turismo

Costa Verde & Mar ganha mais duas praias Bandeira Azul

Região turística que mais possui Bandeira Azul no Brasil, a Costa Verde & Mar (SC) recebeu duas novas certificações. Para o período 2020/2021, foram incluídas na lista da Fundação para a Educação Ambiental as praias da Conceição, de Bombinhas, e Grande, […]

Turismo

Projeto de retomada do turismo é lançado pelo BC Convention

Aqueles dias de sol com um vai e vem de turistas em Balneário Camboriú ficaram por um longo período na lembrança do setor turístico. A pandemia do coronavírus adiou planos e mudou a cara de […]

Turismo

Alargamento da faixa de areia de Balneário Camboriú custará R$ 66,8 milhões

O consórcio formado pelas empresas DTA, do Brasil, e Jan de Nul, da Bélgica, foi declarado vencedor da licitação para o alargamento da faixa de areia da praia Central de Balneário Camboriú. Os detalhes do […]

Mais notícias