keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Licença ambiental da obra do alargamento da Praia Central de BC será assinada pelo governador

Projeto inclui ainda a revitalização da orla, com a implantação de calçadão, área de estacionamento, ciclovia e pista de corrida

X
Foto: Divulgação/IMA

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, e o presidente do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), Valdez Rodrigues Venâncio, assinam nesta sexta-feira, 18 de dezembro, a Licença Ambiental de Instalação (LAI) para o alargamento da Praia Central de Balneário Camboriú. A LAI é a segunda de três licenças ambientais e autoriza o início das obras de ampliação da faixa de areia.

O projeto de alargamento da Praia Central prevê um aumento de aproximadamente 60 metros a serem incorporados na faixa de areia ao longo dos cerca de seis mil metros de extensão do balneário, desde o extremo da Barra Sul à Barra Norte. Desta forma, somando-se os atuais 30 metros, a orla passará a ter 90 metros ao final das obras.

O projeto inclui ainda a revitalização da orla, com a implantação de calçadão, área de estacionamento, ciclovia e pista de corrida, rampas de acesso à praia, recomposição vegetal e construção de núcleos para comércio e serviços.

A alimentação artificial da praia visa proporcionar mais conforto e segurança aos frequentadores, além de ampliar as estruturas de mobiliário urbano e instalar equipamentos de lazer de uso comunitário junto à orla, gerando mais qualidade de vida aos moradores e alavancando ainda mais o turismo de Balneário Camboriú, um dos destinos mais procurados de Santa Catarina. 


Turismo

Balneário Camboriú é hoje um dos principais polos turísticos do país. Dentre os principais atrativos turísticos destaca-se a Praia Central que, além das belezas naturais, oferece grande infraestrutura como bares, restaurantes, comércio diverso e demais atrações que atraem turistas e novos moradores.

Segundo o projeto, as obras de alimentação artificial da Praia Central têm por finalidade melhorar as condições de uso atuais da praia, oferecendo mais condições para o desenvolvimento do turismo na região por meio do aumento da disponibilidade de área por pessoa, especialmente nos períodos de maior movimento.

Desta forma, as alterações na paisagem municipal devem resultar na ampliação das oportunidades de emprego e renda. Também espera-se que a realização de novos investimentos nos setores de infraestrutura e de serviços acarrete em melhorias sobre a capacidade de atendimento, hospedagem, mobilidade urbana e serviços gerais.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Polícia Militar encontra mais de 50 kg de droga em terreno abandonado

No momento da ocorrência, o proprietário do terreno chegou no local, disse que a área estava abandonada

Geral

Defesa Civil trabalha para liberar rodovia após deslizamento de terra em Itajaí

As equipes trabalham para liberar a rodovia após um deslizamento de terra com obstrução de parte da rodovia Antônio Heil no Km 15, no bairro Brilhante em Itajaí.

Geral

Bebê catarinense é sorteado e receberá remédio que custa R$ 10 milhões

O dia 21 de janeiro de 2021 ficará marcado para a família Helfer, moradora de Saudades, no Oeste de Santa Catarina. Os pais João Marcos e Silvana receberam a notícia de que a pequena Sofia […]

Geral

Chuva diminui e nível dos rios continua baixando; Santa Catarina segue em alerta segundo a Defesa Civil

Com menos chuva nas últimas horas a tensão diminuiu nas cidades do Litoral Norte e Vale do Itajaí nesta sexta-feira (22) Em Blumenau e Timbó o nível dos rios entrou em ritmo de baixa. Agora […]

Mais notícias