keyboard_backspace

Página Inicial

Brasil

Lei municipal garante transporte de cães-guia em São Paulo

Um episódio ocorrido na cidade de São Paulo, no bairro da Mooca, chamou a atenção das autoridades e da comunidade que atua em defesa das pessoas com deficiência. Na semana passada, um jovem cego de […]

X
Foto: Divulgação

Um episódio ocorrido na cidade de São Paulo, no bairro da Mooca, chamou a atenção das autoridades e da comunidade que atua em defesa das pessoas com deficiência. Na semana passada, um jovem cego de 26 anos teve a sua corrida recusada após o motorista de aplicativo constatar a presença de um cão-guia junto com o passageiro.

Na cidade de São Paulo, a Lei nº 17.323, de 18 de março de 2020, assegura à pessoa com deficiência visual acompanhada de cão-guia o direito de ingressarem com cão-guia nos veículos providos de taxímetros (táxis) e em carros que atendam por meio de serviços de aplicativos. Além disso, o texto veta a exigência do uso de focinheira nos cães-guia para o ingresso nos carros e a cobrança de valores, tarifas ou acréscimos vinculados, direta ou indiretamente, ao ingresso ou à presença de cão-guia.

A advogada Diana Serpe, especializada em direitos das pessoas com deficiência e que defende o jovem que sofreu a discriminação, ressalta ainda a Lei Brasileira de Inclusão. “Em seu artigo 177, a Lei 13.146/2015 assegura à pessoa com deficiência visual acompanhada de cão-guia o direito de ingressar e de permanecer com o animal em todos os meios de transporte e em estabelecimentos abertos ao público, de uso público e privados de uso coletivo”.

Na cidade de São Paulo, esse tipo de crime pode ser enquadrado em ambas as leis, tanto na municipal quanto na nacional, e pode levar à pena de multa e até reclusão. Diana Serpe lembra que impedir a presença de um cão-guia significa discriminar não somente o animal, mas também a pessoa com deficiência. “Se um cão-guia é impedido de entrar em um local, a pessoa com deficiência visual também está sendo impedida, o que significa cercear o seu direito à igualdade de oportunidades em todos os âmbitos da sociedade, incluindo o direito à mobilidade”.

Segundo a advogada, no caso de São Paulo, um inquérito contra o motorista de aplicativo já foi instaurado e tanto o motorista quanto a empresa deverão ser responsabilizados pelo ocorrido.

Fonte: Visor Notícias

Brasil

Aluna de autoescola derruba muro e é reprovada em teste de direção

Uma aluna derrubou um muro durante a prova de direção para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em Ibatiba (ES), na quarta-feira (13). Além da condutora do carro da autoescola, dois avaliadores do Departamento […]

Brasil

Vídeo de lobo-guará de três patas viraliza nas redes sociais

Um lobo-guará chamado “Amendoim” cativou a internet, depois que um vídeo ganhou as redes sociais. Nele, o animal nativo do cerrado aparece numa cerca, à espera de mangas colhidas por um grupo. Até aí, tudo […]

Brasil

Mulher é encontrada morta dentro de cama box

Assassino teria dormido sobre o corpo por cerca de duas noites

Brasil

Vídeo: Sucuri de três metros curte balneário com turistas

Turistas foram pegos de surpresa enquanto se banhavam no Balneário Municipal de Bonito, no Mato Grosso do Sul. Uma sucuri de três metros surgiu sob a água, depois vindo à tona. O animal foi filmado […]

Brasil

Covid-19: Brasil chega a 8,13 milhões de casos e tem 203,5 mil mortes

Pacientes recuperados da doença são mais de 7, 2 milhões

Mais notícias