keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Lei com medidas para controle da dengue e febre amarela é sancionada

O Poder Executivo sancionou nesta semana a Lei 18.024/2020, aprovada no mês passado pela Assembleia Legislativa, que estabelece medidas para evitar a propagação dos mosquitos que transmitem a dengue e a febre amarela. A norma […]

X

O Poder Executivo sancionou nesta semana a Lei 18.024/2020, aprovada no mês passado pela Assembleia Legislativa, que estabelece medidas para evitar a propagação dos mosquitos que transmitem a dengue e a febre amarela. A norma surgiu de projeto de lei elaborado pelo deputado Fabiano da Luz (PT). O Executivo terá 60 dias para regulamentá-la.

A lei estabelece medidas que devem ser adotadas pelos proprietários e locatários de imóveis residenciais ou comerciais, públicos ou privados, para evitar a proliferação dos insetos, como a necessidade de limpeza periódica dos quintais, retirada de entulho, lixo e objetos que possam acumular água, troca da água de vasos, vedação de caixas d’água, entre outras. A norma também determina punições no caso de descumprimento dessas medidas, que podem chegar à cassação de autorização para o funcionamento de estabelecimentos comerciais.

Alguns pontos da proposta aprovada pelos deputados, no entanto, foram vetados.  É o caso das atribuições que eram determinadas às instituições de vigilância à saúde, com a realização de inspeções em imóveis, de palestras de orientação sobre a dengue e a febre amarela e a aplicação de larvicidas e inseticidas. Conforme a justificativa do veto, tais itens são inconstitucionais por serem de iniciativa exclusiva do Poder Executivo.

Proibição
Também de autoria parlamentar, foi sancionada, na semana passada, a Lei 18.023/2020, que proíbe a utilização de bórax na confecção de gelecas, smiles e produtos similares destinados a crianças. O autor da lei é o deputado Kennedy Nunes (PSD).

Os pontos referentes às punições, em caso de descumprimento da lei, no entanto, foram vetados pelo governo. Na justificativa, o Executivo argumentou que as medidas são menos severas do que as previstas em lei federal, além da proteção à saúde das crianças ser assunto privativo da União.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Inscrições para o festival gastronômico Um Mar de Sabores estão abertas até dia 18

Festival deste ano conta com opção de prato via delivery ou presencial

Geral

VÍDEO: Baleia fica presa em rede e arrasta barco com pescadores em Florianópolis

Operação para soltar a baleia das redes terminou nesta terça-feira

Geral, Utilidade Pública

Saiba a importância do hidrômetro para sua conta de água

Além de ser muito relevante para a economia doméstica, o hidrômetro também tem uma importância social.

Geral

Litoral catarinense deve registrar rajadas de vento de até 70km/h

Além disso, ocasionais chuvas podem acontecer em todo o Estado, com maior abrangência e intensidade no Norte catarinense e na Grande Florianópolis

Geral

Donos de bares e restaurantes querem usar modelo europeu para atender mais mesas

O modelo defendido pelos empresários é semelhante ao já aplicado nos caixas de supermercados e por alguns restaurantes de Santa Catarina

Mais notícias

Segurança

Portaria com regramento sobre corridas de rua é divulgada pelo Governo de SC

A portaria 620 institui limites para a liberação de eventos do tipo corrida de rua realizados por entidades privadas ou públicas no estado

Segurança

Corpo é encontrado boiando no Rio Itajaí-Açu, no litoral de SC

Os Bombeiros Voluntários foram acionados e retiraram o corpo do rio. Segundo os bombeiros, ele não tinha identificação.