keyboard_backspace

Página Inicial

Saúde

Justiça determina contratação de psiquiatras em Balneário Camboriú

Medida visa diminuir espera para atendimento de seis para dois meses

WhatsApp Image 2024 06 11 at 08.10.00 Visor Notícias
Foto: Pinterest/ Reprodução

Em uma decisão significativa para a saúde pública de Balneário Camboriú, o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) obteve uma liminar que exige a contratação de psiquiatras suficientes para reduzir a extensa fila de espera por atendimento no Ambulatório Psicossocial do município. Atualmente, 698 pacientes aguardam consulta, com um tempo de espera que pode chegar a seis meses.

A 6ª Promotoria de Justiça da Comarca de Balneário Camboriú, após investigar e identificar sérias deficiências no sistema de atendimento psiquiátrico, constatou que a única médica psiquiatra do ambulatório atende por apenas 20 horas semanais. A necessidade excedente é encaminhada para uma clínica conveniada, onde o atendimento é prejudicado pela alta rotatividade de profissionais e pela dificuldade em estabelecer vínculos duradouros com os pacientes — um aspecto fundamental para o tratamento eficaz de transtornos psicológicos.

De acordo com relatos de médicos do CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) de Balneário Camboriú, a terceirização não apenas alonga a fila de espera como também compromete a continuidade e a qualidade do tratamento. Os médicos da clínica conveniada, por exemplo, registram a evolução dos pacientes apenas em prontuários particulares, o que não é compartilhado com os médicos municipais, aumentando o risco de agravamento dos quadros clínicos.

O Juízo da Vara da Fazenda Pública de Balneário Camboriú, sensível à urgência da situação exposta pelo MPSC, determinou que o município, em 30 dias, aumente o quadro de psiquiatras para assegurar que o tempo médio de espera para consultas seja reduzido para, no máximo, dois meses. Além disso, foi estabelecido que cada consulta deve durar no mínimo 30 minutos e ser realizada de forma contínua e, preferencialmente, pelo mesmo profissional, para fomentar a formação de um vínculo efetivo entre médico e paciente.

A decisão também inclui a exigência de que os médicos do município tenham acesso aos prontuários dos pacientes atendidos na clínica conveniada, garantindo assim uma continuidade apropriada no tratamento. Em caso de descumprimento das ordens judiciais, foi estabelecida uma multa diária de R$ 10 mil.

Quer receber as notícias em tempo real?

Clique aqui para entrar no nosso grupo do WhatsApp e fique sempre bem informado.

⚠ ATENÇÃO: Caso não esteja conseguindo clicar no link das notícias, basta adicionar um administrador do grupo em sua lista de contatos.

Fonte: MPSC

Sobre o autor:
Barbara
Barbara Machado
Barbara Machado, nascida em Florianópolis, jornalista no Visor Notícias com foco na redação. Mostrou paixão pela escrita desde os 9 anos, tendo sua poesia publicada em um livro da cidade. Encontrou sua vocação no jornalismo, adquirindo experiência em cobertura de eventos, participando de coletivas e muito mais, marcando sua trajetória com determinação, coragem e resiliência. Valoriza a precisão e a veracidade dos fatos, o que reflete sua curiosidade e responsabilidade no jornalismo.

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Saúde

Idosa é salva de parada cardíaca com técnica inédita em Blumenau

Bombeiros utilizam compressor torácico portátil pela primeira vez

Saúde

Santa Catarina tem mais de 340 mil casos prováveis de dengue

A dengue resultou em 260 mortes confirmadas este ano no estado

Saúde

Cirurgia inédita em SC salva bebê de três meses

Após a cirurgia, o bebê, que pesa 5,4 quilos, foi transferido para a UTI Pediátrica

Saúde

Médico Sanitarista aponta que casos de sarna em Balneário Camboriú são delimitados a grupo restrito

O Doutor Rodrigo Emydio diz que relação entre os casos e o uso de ivermectina demanda mais estudos

Saúde

Equipe do Samu realiza parto emergencial em residência de Itapema

Apesar da urgência, a intervenção foi bem-sucedida, resultando no nascimento saudável do pequeno Zaya

Mais notícias

Segurança

Homem é preso por ameaçar juízes e promotores em SC

Ação foi coordenada pela Divisão de Investigação Criminal de Balneário Camboriú

Educação

Reunião pública discute a volta das Escolas Cívico-Militares em Itapema

Projeto de lei do Executivo tramita no Legislativo e deve ser votado nas próximas sessões