keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Justiça define indenização de R$ 700 mil à família de mulher morta durante assalto em aeroporto de SC

Caso aconteceu em 2019 quando vítima morreu ao ser atingida por bala perdida

assaltoAeroporto 800x434 1 Visor Notícias
Foto: Reprodução/Arquivo

Em uma sentença marcante, a 4ª Vara Cível da Comarca de Blumenau condenou uma empresa de segurança e transporte de valores a pagar R$ 700 mil em indenizações à família de Edivânia Maria de Oliveira. A vítima morreu tragicamente ao ser atingida por uma bala perdida durante um assalto no Aeroporto Quero-Quero, em Blumenau, em 2019. Com informações de ND+.

A empresa e sua seguradora foram condenadas a pagar R$ 350 mil a cada um dos familiares afetados – a mãe e o companheiro de Edivânia. A decisão foi proferida na segunda-feira (31), encerrando uma disputa legal prolongada.

A defesa da empresa e da seguradora argumentou que não foram responsáveis pelo assalto nem pelo disparo que atingiu Edivânia. Afirmaram que a bala não foi disparada por uma das armas de seus funcionários, e alegaram não ter culpa na tragédia.

Contrariando esses argumentos, a juíza do caso destacou que houve falha na prestação dos serviços pela transportadora, que resultou na morte da vítima. A juíza afirmou que o assalto não pode ser considerado um caso fortuito, pois está dentro dos riscos da atividade da empresa.

O assalto ao Aeroporto Quero-Quero ocorreu na tarde do dia 14 de março de 2019, quando oito criminosos invadiram o local e roubaram malotes contendo R$ 9,6 milhões que chegaram em uma aeronave de transporte de valores.

Um carro-forte estava aguardando no aeroporto para realizar a segunda etapa do transporte. Os criminosos renderam o piloto e o co-piloto da aeronave, mas foram surpreendidos por tiros disparados pelos seguranças do veículo.

Os assaltantes reagiram, e os disparos atingiram dois seguranças do carro-forte. As munições eram tão potentes que atravessaram paredes, atingindo Edivânia, uma jovem de 22 anos que trabalhava em um galpão próximo. Ela não resistiu aos ferimentos e faleceu no hospital.

Imagem do WhatsApp de 2023 08 04 as 10.29.22 Visor Notícias

A Justiça de Blumenau já havia condenado cinco dos assaltantes em 6 de maio de 2021, dois anos após o caso. As penas ultrapassam 130 anos de prisão, com condenações individuais variando de 11 a 32 anos de reclusão.

Os condenados foram acusados de latrocínio e uso de documentos públicos falsos para a locação de imóveis e compra de veículos utilizados no roubo, mostrando a complexidade do crime organizado.

O caso destaca a importância da responsabilidade corporativa e a necessidade de rigor na prestação de serviços de segurança e transporte de valores. A sentença reforça a noção de que empresas devem ser responsáveis pelos riscos associados às suas atividades.

Quer receber as notícias em tempo real?

Clique aqui para entrar no nosso grupo do WhatsApp e fique sempre bem informado.

⚠ ATENÇÃO: Caso não esteja conseguindo clicar no link das notícias, basta adicionar um administrador do grupo em sua lista de contatos.

Quer receber as notícias em tempo real?

Clique aqui para entrar no nosso grupo do WhatsApp e fique sempre bem informado.

⚠ ATENÇÃO: Caso não esteja conseguindo clicar no link das notícias, basta adicionar um administrador do grupo em sua lista de contatos.

Fonte: Visor Notícias

Sobre o autor:
Redação
Redação Visor Notícias
Visor Notícias é um portal com notícias e reportagens sobre o dia a dia do Litoral Norte e Grande Florianópolis criado em 2016.

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Homem é preso por ameaçar juízes e promotores em SC

Ação foi coordenada pela Divisão de Investigação Criminal de Balneário Camboriú

Segurança

Polícia estoura desmanche e prende homem em flagrante em Gaspar

Ação é parte da operação "311", destinada a combater o comércio ilegal de peças automotivas

Segurança

Atacado é multado por vender produtos que ficaram submersos na enchente no RS

Ação foi realizada na terça-feira (18), a pedido do Ministério Público

Segurança

VÍDEO: Polícia Civil prende autor de crime de “falso sequestro”

Operação ocorreu em conjunto entre polícias do DF, SP e SC

Segurança

Polícia Civil prende suspeitos de homicídio ligados a facção criminosa em Camboriú

Os homens são acusados de envolvimento em um homicídio ocorrido em março de 2023

Mais notícias

Segurança

Homem é preso por ameaçar juízes e promotores em SC

Ação foi coordenada pela Divisão de Investigação Criminal de Balneário Camboriú

Educação

Reunião pública discute a volta das Escolas Cívico-Militares em Itapema

Projeto de lei do Executivo tramita no Legislativo e deve ser votado nas próximas sessões