keyboard_backspace

Página Inicial

Política

Justiça barra sessão que votaria impeachment de Carlos Moises

Informação divulgada a poucos instantes pelo colunista da NSC, Renato Igor, dá conta de que a defesa do governador Carlos Moises suspendeu a sessão prevista para a tarde desta quinta-feira (15) em que seria votado […]

X

Informação divulgada a poucos instantes pelo colunista da NSC, Renato Igor, dá conta de que a defesa do governador Carlos Moises suspendeu a sessão prevista para a tarde desta quinta-feira (15) em que seria votado o decreto legislativo que determina impeachment do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva (PSL). O desembargador Monteiro Rocha determinou que a sessão ocorra a partir do dia 20 de outubro. A alegação do magistrado, atendendo pedido da defesa do governador, é que o prazo de 48 horas não foi respeitado. 

Essa foi a segunda tentativa da defesa de Carlos Moises de barrar a votação do processo, que trata da compra fraudulenta de 200 respiradores para atender a demanda da pandemia. A deputada Paulinha já havia tentado, sem sucesso, alegar que haviam novas provas favoráveis ao governador, na sessão da última terça-feira.

Fonte: NSC

Política

Investigação civil contra Moisés na compra dos respiradores é arquivada por MP-SC

A defesa de Moisés já encaminhou a decisão para o Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde tramita a investigação criminal contra o governador.

Política

O poder de Ciro Nogueira no governo Bolsonaro

Leia na Coluna Esplanada de hoje direto de Brasília (27)

Política

Esplanada: Os bastidores no Congresso após protestos contra Bolsonaro

Leia na Coluna Esplanada de hoje direto de Brasília

Política

Campanha própria

Os gestores municipais também cobram, há dias, do chefe da pasta, Eduardo Pazuello, um cronograma de entrega das vacinas com estimativa mensal até o fim de 2021.

Mais notícias