keyboard_backspace

Página Inicial

Economia

Jovens ganham incentivo a ingressar no Setor Agrícola em Santa Catarina

Programa Jovem Agricultor(a) foi uma iniciativa de uma estudante do Planalto Norte Catarinense

Divulgação / Pixabay

m 28 de julho de 1960, o então presidente Juscelino Kubitscheck criou o dia do agricultor para comemorar os 100 anos da fundação do Ministério da Agricultura e homenagear os profissionais que trabalham no cultivo de produtos agrícolas, como, por exemplo, vegetais, hortaliças e frutas.

Sete décadas depois, em Santa Catarina, estado destaque no setor, a lei 18.152/2021, indicação de uma estudante do município de Canoinhas, participante do Programa Parlamento Jovem em 2019, foi posteriormente sancionada em julho de 2021 pelo Executivo, de autoria da deputada Luciane Carminatti (PT), foi institui o Programa Jovem Agricultor (a).

A lei foi baseada na sugestão da estudante Ana Cláudia Wzorek Kubiak da Escola Estadual Maria Felicitas. Filha de agricultores do distrito Felipe Schmidt, a jovem de 20 anos, teve como objetivo criar no estado uma ferramenta semelhante ao Programa Nacional Profissionalizante (Pronap).

De acordo com a lei, jovens de 16 anos (se emancipados) ou mais terão direito a crédito facilitado para empreender no campo, evitando o êxodo rural. O objetivo é facilitar aos filhos e filhas de agricultores a aquisição de maquinário, insumos e implementos agrícolas para iniciarem suas próprias empreitadas.

Além de ser reconhecido como o estado com o maior abate e exportação de carne suína e como o segundo colocado no país sob os mesmos critérios em carne de frango, Santa Catarina tem relevância nacional em 12 produtos agrícolas e em quatro produtos de extração vegetal e silvicultura.

O estado lidera na produção nacional de alho e cebola. Entre os produtos agrícolas, Santa Catarina é destaque como o segundo maior produtor do país de arroz, fumo, maçã e pera; o terceiro maior de trigo, aveia, erva-mate, palmito e pêssego; e o quarto maior de banana. O estado é apontado como o terceiro maior produtor de lenha e de madeira em tora para outras finalidades, além de ter a terceira maior área de silvicultura do país.

O agronegócio respondeu por 67% do valor total das exportações catarinenses de 2021, que atingiu 10,3 bilhões de dólares. Este valor é quase 11% maior do que os 9,3 bilhões de dólares de 2018, recorde anterior do valor total das exportações estaduais.

O estado deve muito ao agronegócio. Mais de meio milhão de catarinenses vivem – direta ou indiretamente – da agricultura, da pecuária e da agroindústria, incluída sua imensa cadeia de fornecedores.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Economia

11 dicas para presentear e agradar os papais sem gastar muito no Dia dos Pais

Separamos diversas opções que podem ser encontradas nas lojas do Fort Atacadista, como kits para churrasco, bebidas e itens do bazar; compras no atacarejo ainda garantem cupons para concorrer a 23 carros

Economia

Construção Civil ajudou Navegantes a ter recorde de novos empregos

Setor gerou um saldo de 854 novos empregos entre janeiro e junho

Economia

Etanol pode ter redução de R$ 0,19 por litro

Resolução foi encaminhada ao Ministério de Minas e Energia

Economia

Complexo portuário de Itajaí registra movimentação total de cargas de 8 milhões no primeiro semestre

Nova bacia de evolução do Complexo Portuário de Itajaí alcançou no mês de junho 27 navios manobrados

Mais notícias

Segurança

Criança autista de 3 anos morre após amamentação em Penha

Segundo informações, a mãe da criança amamentou a pequena e em seguida colocou ela para dormir no quarto

Segurança

Criminosos furtam a placenta de catarinense acreditando ser carne

A vítima contou que guardou o órgão há 3 anos, quando teve sua filha, esperando mostrar para ela no futuro