keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Jovem que morreu carbonizada será sepultada quase 30 dias após a morte em SC

O investigado pelo crime está preso temporariamente desde 29 de março, um dia após o incêndio. A Polícia Civil, que não revelou a ligação entre os envolvidos, trata o caso como feminicídio.

X
Foto: Arquivo Pessoal

O corpo de Mauriceia Estraich, de 22 anos, será sepultado nesta sexta-feira (23), em Descanso – no Oeste catarinense, quase 30 dias após morrer carbonizada em um incêndio que atingiu a casa dela. Desde o falecimento, o corpo estava no Instituto Médico Legal (IML) de São Miguel do Oeste, onde passou por exame cadavérico.

O suspeito de causar o incêndio que matou a jovem carbonizada tinha desavenças com a jovem. A revelação foi feita pelo pai da vítima, Ermindo Estraich. O investigado pelo crime está preso temporariamente desde 29 de março, um dia após o incêndio. A Polícia Civil, que não revelou a ligação entre os envolvidos, trata o caso como feminicídio.

O caso ocorreu na madrugada de 28 de março. A vítima foi encontrada morta, pela manhã, dentro da residência em que morava com o companheiro. O fogo teria se espalhado rapidamente na parte de madeira da casa, conforme a ocorrência. O cônjuge dela não estava no local e não é considerado suspeito. Segundo a polícia, ele dormia na casa do pai dele. Responsável pelas investigações, o delegado Cléverson Luis Müller disse que o caso é tratado com sigilo, mas adiantou que nenhuma hipótese foi descartada até o momento.

Fonte: ClicRDC e NSC

Segurança

Autor de chacina em Saudades recebe alta da UTI

Informação foi confirmada pela assessoria do Hospital Regional de Chapecó

Segurança

Quatro pessoas da mesma família morrem em incêndio em SC

Quatro pessoas da mesma família morreram carbonizadas em um incêndio na manhã deste sábado (08) na cidade de São Domingos, no Oeste catarinense. A casa da família ficou destruída. Morreram no local um homem de […]

Segurança

Polícia apreende quase meia tonelada de carne estragada em um único mercado

No local, os policiais e os funcionários da Vigilância Sanitária apreenderam grande quantidade de carnes de todos os tipos, as quais estavam impróprias ao consumo

Mais notícias

Coronavírus

Pela segunda semana seguida, apenas uma região do estado está em nível grave

Não houve alterações de classificação em relação à matriz divulgada no último final de semana

Segurança

Autor de chacina em Saudades recebe alta da UTI

Informação foi confirmada pela assessoria do Hospital Regional de Chapecó