keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Jovem fica 8 anos com objeto estranho no nariz causando mau cheiro

Os médicos consideram que o paciente teve muita sorte

X
Foto: Divulgação/ Metrópoles

Sofrendo há anos com o nariz congestionado e a capacidade de detectar odores comprometida, um rapaz de 15 anos procurou um hospital no Texas, nos Estados Unidos.

Os médicos fizeram uma exploração no nariz com uma câmera e descobriram apenas uma hipertrofia no turbinado, uma passagem que faz parte da anatomia do órgão e que pode ficar alargada depois de alergias sazonais ou sinusite.

Os profissionais de saúde prescreveram remédios para alergia e um spray nasal para controlar a situação. Um ano depois, o rapaz voltou ao hospital reclamando que toda vez que espirrava ou assoava o nariz, as pessoas que estavam por perto sentiam um cheiro horrível.

Seguindo a investigação, o jovem passou por uma tomografia, que revelou uma estrutura esférica de metal na região. Depois de uma cirurgia para removê-la, descobriram que se tratava de um projétil disparado por armas de ar.

A família do paciente contou que ele recebeu um tiro de uma arma assim quando tinha 8 anos, mas como não desenvolveu nenhum sintoma ou quebrou o nariz, não foi encaminhado ao serviço de saúde. De acordo com o caso descrito na revista científica JAMA Network, o corpo estranho foi coberto por muco e tecidos — por isso, não foi identificado no primeiro exame.

Ao ficar no local por anos, bactérias se desenvolveram ao redor do projétil, causando o mal cheiro. Os médicos consideram que o paciente teve muita sorte: o objeto poderia ter sido inalado e a infecção tinha chance de se espalhar pela mandíbula e olhos. Após a cirurgia, ele recebeu alta sem apresentar mais nenhum sintoma.

Fonte: Metrópoles

Geral

Preparem os casacos! Frio intenso é previsto para os próximos 15 dias em SC

Termômetros poderão registrar mínimas de até 3°C nas áreas mais altas do Estado

Geral

MPF alerta Prefeitura de Florianópolis sobre risco de indenização milionária por imóvel em área de preservação

Segundo o TRF4, não é permitido o enriquecimento pelo recebimento de verbas por áreas de preservação, que não podem ser utilizadas.

Geral

Casos de mormo em Santa Catarina fazem Cidasc alertar pecuaristas sobre a doença

Os animais, depois da identificação do foco da doença, são sacrificados. Os técnicos da Cidasc também explicam que a propriedade onde a doença foi registrada é interditada e acompanhada pelo órgão.

Geral

Família real britânica confirma morte de príncipe Philip, marido da Rainha Elizabeth II

Uma declaração do Palácio de Buckingham dizia: "É com profunda tristeza que Sua Majestade a Rainha anunciou a morte de seu amado marido, Sua Alteza Real o Príncipe Philip, Duque de Edimburgo".

Geral

Quinto caso de febre amarela em humanos é confirmado em Santa Catarina

Todos os cinco casos não tinham registro de vacina no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações

Mais notícias

Segurança

Homem é morto com pedradas na cabeça em Santa Catarina

Apesar das buscas, o suspeito do crime não foi encontrado

Segurança

Corpo é encontrado pelos bombeiros no rio Itajaí-Açu

O corpo aparenta ser de um homem adulto e estava boiando no rio