keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Jovem é indenizada em R$ 20 mil após beber água contaminada em posto de saúde de SC

Em razão da situação, teria apresentado problemas intestinais e estomacais, com sintomas de fadiga, diarreia, náusea

Será indenizada em R$ 20 mil a jovem que atuava como estagiária em uma unidade de saúde no Sul catarinense e consumiu água contaminada no local e acabou desenvolvendo uma série de problemas de saúde. A decisão foi do juiz Evando Volmar Rizzo, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública da comarca de Criciúma. O valor deve ser pago pelo município responsável, cujo nome não foi divulgado.

Segundo a decisão, a jovem estagiou na unidade entre 2016 e 2017 e, em razão do consumo da água contaminada “teve sua saúde atingida pelo descaso e omissão da municipalidade em realizar a devida higienização no reservatório de água que abastecia o local”.

A jovem, em razão da situação, teria apresentado problemas intestinais e estomacais, com sintomas de fadiga, diarreia, náuseas, vômito, dor abdominal, fraqueza e cefaleia, e vindo ainda a apresentar quadros de intolerância à lactose e anemia.

Documentos médicos apresentados também comprovaram que ela desenvolveu um quadro de gastroenterite infecciosa, teve sintomas que perduraram por quatro meses e precisou de intervenção medicamentosa para tratamento do quadro clínico.

Conforme depoimentos, a situação da água imprópria teria sido constatada pela Vigilância Sanitária do município após cerca de 20 funcionários apresentarem sintomas. Por conta disso, o local, na época, chegou a ser parcialmente interditado.

“Diante de todo esse cenário, comprovada a omissão do município em promover a manutenção do reservatório que fornecia água na unidade de saúde, que apresentou contaminação por coliformes e ocasionou prejuízo à saúde dos funcionários e usuários do serviço público, exsurge inconteste o dever de indenizar os danos experimentados pela parte autora, na medida em que tal situação extrapola, em muito, um mero dissabor cotidiano”, destaca o magistrado.

O município foi condenado a indenizar a autora da ação em R$ 20 mil, a título de danos morais, acrescidos de correção monetária e juros. Cabe recurso da decisão ao TJSC. O processo tramita em segredo de Justiça.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Polícia investiga caso da criança de 2 anos achada ao lado da mãe morta em SC

Bebê estava ao lado da mãe quando foi encontrada após 20 horas do acidente

Segurança

Tragédia: Carro tem teto arrancado e motorista morre em grave acidente em SC

Uma das hipóteses é de que o motorista tenha se perdido na curva devido à baixa visibilidade e atingido o caminhão

Segurança

Homens que enganavam e sequestravam caminhoneiros são presos em Itapema

Os homens têm entre 24 e 34 anos e possuem antecedentes no Mato Grosso do Sul por crimes de roubo, homicídio, estelionato e receptação.

Segurança

Trio envolvido em assalto é preso na BR-101 em Itapema

O crime havia sido praticado no Sul do Estado no começo da manhã de sexta (27)

Segurança

Operação apreende 1 tonelada de tainhas pescadas irregularmente em Bombinhas

Durante a operação foram abordadas duas embarcações que seguiam para cidade de Porto Belo

Mais notícias

Geral

Fortes chuvas e deslizamentos no Pernambuco deixam 33 mortos

Previsão é de que continue a chover forte de hoje para amanhã nos estados de Alagoas, Pernambuco, da Paraíba e do Rio Grande do Norte

Mundo

Rússia testa míssil de cruzeiro hipersônico no mar e Putin diz que arma é ‘invencível’

Armas hipersônicas podem viajar a nove vezes a velocidade do som