keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Jovem de 19 anos morre após causar explosão com cigarro em empresa de SC

A Polícia Militar acredita que a explosão tenha acontecido no refeitório da empresa

Divulgação

Um jovem de 19 anos morreu após uma explosão em uma empresa de produtos de limpeza na cidade de Içara nesta quinta-feira (28). Trata-se de Eduardo de Quadros Friske, que trabalhava na empresa.

A Polícia Militar acredita que a explosão tenha acontecido no refeitório da empresa. O proprietário do local informou que estava no escritório a cerca de 150 metro da fábrica quando ouviu o estrondo.

Ele saiu rapidamente para ver o que aconteceu e constatou que a varanda do refeitório estava toda destruída e o trabalhador se encontrava embaixo dos escombros.

Conforme testemunhas ouvidas pela polícia, a vítima estava fumando ao lado do refeitório e jogou o cigarro dentro de uma caixa de gordura, o que ocasionou a explosão. Com o impacto, pedaços de cimento voaram e caíram em cima da perna do trabalhador ocasionando uma hemorragia.

A PM confirmou que no local havia uma caixa de gordura, onde motocicletas dos funcionários também eram estacionadas próxima. O caso, agora, está sendo investigado pela Polícia Civil.

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Segurança

Homem é preso furtando caminhão em Porto Belo

Prisão ocorreu às margens da BR-101

Segurança

Irmãos traficantes são detidos pela polícia em Itapema

O homem que foi flagrado com a droga afirmou que a maconha pertencia ao outro, que é seu irmão menor de idade

Segurança

Pedófilo europeu de 77 anos procurado internacionalmente é preso em SC

O abuso sexual contra a criança ocorreu em 2019 e o idoso era procurado pela Justiça portuguesa desde então

Segurança

Homem invade UTI e mata paciente com cinco tiros

A vítima estava internada após ter sobrevivido a uma tentativa de homicídio na madrugada de domingo (14)

Segurança

Homem que tentou matar esposa por não aceitar separação e divisão de bens é condenado

Em sessão do Tribunal do Júri da Comarca de Braço do Norte, o réu foi sentenciado a 10 anos e oito meses, em regime inicial fechado, por tentativa de feminicídio qualificado por motivo fútil e emboscada.

Mais notícias