keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Jovem dá à luz em banheiro de posto de combustível

Ana Beatriz era levada por seu pai até um hospital de Blumenau, porém, no meio do trajeto, sentiu a bolsa estourar

X
Divulgação

Na manhã da última terça-feira (07), uma jovem de 19 anos deu à luz a uma menina no banheiro de um posto de combustíveis na cidade de Blumenau.

Ana Beatriz era levada por seu pai até um hospital de Blumenau, porém, no meio do trajeto, sentiu a bolsa estourar.

Os dois pararam no posto de combustíveis e, no local, o pai da menina pediu para um funcionário ligar para o Samu.

Após a ligação, o funcionário pegou uma chave e ajudou a levar a gestante até um banheiro – onde a pequena Elisa veio a nascer após alguns minutos, antes da chegada dos socorristas.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Governo de SC apoia municípios atingidos por fortes tempestades

O Governo do Estado estruturou a Defesa Civil Estadual (DCSC) no desenvolvimento de um sistema de monitoramento eficiente

Geral

PGE/SC pede à Justiça liberação imediata de dinheiro bloqueado no caso dos respiradores

O procurador-geral do Estado, Alisson de Bom de Souza, afirma que a obtenção de autorização judicial para o emprego dos recursos na área da saúde é um passo importante

Geral

Três irmãos se negam a tomar vacina em Santa Catarina e morrem com oito dias de diferença

As vítimas são duas mulheres com 53 e 51 anos e um homem de 48 anos. Todos eram agricultores e chegaram a ser procurados em casa por agentes de saúde.

Geral

Milionário catarinense ganha tilápia, queijo e ovos na rifa da Fazendinha

Brandão pediu para que a escola não divulgasse quantos números da rifa ele comprou

Geral

SC distribui 378 mil doses contra a Covid-19 nesta quarta-feira (22)

A distribuição das doses para serem usadas como D1, D2 e dose de reforço começa às 8h

Mais notícias

Cidades

Ruas do bairro Morretes recebem pavimentação em Itapema

Dentre as ruas já beneficiadas estão a 438, 444 e 406I

Mundo

Mulher é presa suspeita de matar as três filhas de dois e seis anos

O marido da sul-africana foi quem encontrou as filhas mortas quando voltou para casa do trabalho