keyboard_backspace

Página Inicial

Brasil

Jorginho Mello é o único deputado de SC que já se manifestou pelo fim do foro privilegiado

Atualmente, cerca de 50 mil pessoas possuem o direito ao foro privilegiado

Segundo levantamento do movimento Vem pra Rua, o deputado federal Jorginho Mello (PR) é o único parlamentar de Santa Catarina que já comunicou que irá votar pelo fim do foro privilegiado para a grande maioria dos atuais beneficiados. O texto, que deve ser votado na Câmara em 2018, restringe o foro privilegiado na Justiça aos presidentes da República (e ao vice), da Câmara dos Deputados, do Senado Federal e do Supremo Tribunal Federal.

O deputado Jorginho Mello cita que na Constituição Federal “ninguém é diferente perante a lei” e que o foro privilegiado tinha a intenção inicial de evitar a influência da magistratura local, porém o objetivo foi deturpado e a atual regra leva à impunidade, devido à morosidade dos tribunais superiores. “Ninguém pode ficar com esse manto para dificultar a justiça. Nós precisamos perseguir isso”, exclamou o parlamentar.

Atualmente, cerca de 50 mil pessoas possuem o direito ao foro privilegiado. A proposta em tramitação que restringe o foro especial valerá para crimes comuns cometidos por deputados, senadores, ministros de Estado, governadores, prefeitos, ministros de tribunais superiores, desembargadores, embaixadores, comandantes das Forças Armadas, integrantes de tribunais regionais federais, juízes federais, membros do Ministério Público, procurador-geral da República e membros dos conselhos de Justiça e do Ministério Público.

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Brasil

Prêmio acumulado da Mega-Sena pode render R$ 605 mil por mês

Educador financeiro do C6 Bank calcula quanto o prêmio de R$ 65 milhões pode render em diferentes modalidades de investimento

Brasil

Presidente Bolsonaro sanciona MP que torna Auxílio Brasil de R$ 400 permanente

Desembolso anual do governo deve chegar a R$ 90 bilhões

Brasil

Bebê de um ano é encontrado vivo dentro de buraco depois de dois dias desaparecido

O menino desapareceu no domingo (15) e a mãe registrou o desparecimento 24 horas depois

Mais notícias

Mundo

Autora de ‘Como matar seu marido’ é condenada por matar seu marido nos Estados Unidos

Nancy Brophy escreveu um ensaio sugestivo sobre o crime anos antes da morte do cônjuge

Mundo

FBI fez alerta sobre tendência de alta de ataques em massa na véspera de massacre no Texas

Veja números de mortes por armas nos EUA, onde há mais de um ataque em massa por dia.