keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Jararaca é encontrada no meio de madeira usada como lenha

Nesta segunda-feira (19), Bombeiros Voluntários de Pomerode foram acionados para capturar uma cobra encontrada em um rancho anexo a uma residência no centro da cidade. No local, os socorristas constataram se tratar de uma jararaca, […]

X
Divulgação

Nesta segunda-feira (19), Bombeiros Voluntários de Pomerode foram acionados para capturar uma cobra encontrada em um rancho anexo a uma residência no centro da cidade.

No local, os socorristas constataram se tratar de uma jararaca, cobra altamente peçonhenta. O veneno dessa espécie pode até matar. O local onde o réptil estava serve como depósito para madeira picada usada em um fogão a lenha.

A cobra foi capturada pelos bombeiros e solta novamente na natureza. Segundo a corporação, em 2020 já foram capturadas 45 cobras, 28 delas eram peçonhentas.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Após um ano do julgamento dos royalties no STF, SC ainda trava luta judicial por recursos

O indicativo de receber R$ 300 milhões correspondia apenas aos valores depositados ao Paraná, com correção monetária, mas sem juros.

Geral

BR-470 vira tema de clipe feito por moradores de SC

Segundo o artista que mora a cerca de 100 metros da rodovia, os sustos com o estouro dos pneus é semanal. Por conta disso, ele decidiu compor a canção.

Geral

Coronavírus em SC: Estado confirma 1.032.128 casos, 994.723 recuperados e 16.436 mortes

Aos casos confirmados se somaram 4.368, enquanto a estimativa de recuperados cresceu 2.963.

Geral

As cinco melhores dicas para ganhar a Mega-Sena

Quando você sente que a sorte está do seu lado, é hora de se aventurar em um jogo de loteria e deixar que o acaso dite o desfecho final. Porém, há quem diga que nem […]

Mais notícias

Segurança

Mulher que matou filha de 41 dias de vida é condenada a mais de 18 anos de prisão em Chapecó

Segundo depoimentos, ao ser informada sobre a morte da bebê, a mãe não teria esboçado reação e não parecia nervosa.

Geral

Após um ano do julgamento dos royalties no STF, SC ainda trava luta judicial por recursos

O indicativo de receber R$ 300 milhões correspondia apenas aos valores depositados ao Paraná, com correção monetária, mas sem juros.