keyboard_backspace

Página Inicial

Saúde

Itajaí divulga levantamento do índice de infestação de dengue

Município inspecionou mais de dois mil imóveis em diversos bairros da cidade

Divulgação

O Município de Itajaí, por meio do Programa de Controle de Dengue da Secretaria de Saúde, divulgou os resultados do primeiro Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) de 2022. Foram inspecionados 2.680 imóveis em diversos bairros de Itajaí e encontrados 231 focos com larvas do mosquito Aedes aegypti em residências ou comércios durante o período do levantamento.

O levantamento separou os bairros itajaienses pelo grau de risco de contaminação para as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. Salseiros e Espinheiros são localidades consideradas de baixo risco. Já São Vicente, Barra do Rio, São João e São Judas se encontram em situação de médio risco. A pesquisa registrou ainda 11 localidades consideradas de alto risco, entre elas estão os bairros Centro, Praia Brava, Cordeiros, Fazenda e Ressacada. O LIRAa também apontou que, no geral, o Município apresentou alto índice de infestação.

Redução de casos e focos em 2022

Neste ano, já foram registrados nove casos de dengue em Itajaí. Quatro são autóctones (transmissão dentro do município) e quatro são importados (transmissão fora do município). O último caso ainda está sob investigação. Os casos com transmissão na cidade ocorreram nos bairros Cordeiros e Limoeiro. Em comparação o mesmo período de 2021, houve uma redução de 82% no número de casos confirmados.

Também houve redução de focos do Aedes aegypti em relação ao ano passado. Até o momento, foram contabilizados 470 focos em contraste com 602 registrados durante o mesmo período no ano passado.

Apesar da redução de casos em Itajaí, o estado de Santa Catarina passa por momento delicado. Em 2022, já houve sete mortes por dengue e 16 municípios sofrem com a epidemia da doença. Dos 295 municípios catarinenses, 124 são considerados infestados pelo mosquito Aedes aegypti.

“A população de Itajaí deve ficar atenta à questão da dengue e fazer a sua parte, eliminando depósitos com água parada. Já temos alguns locais do Estado com registro de mortes e epidemia da doença, e o LIRAa mostrou risco alto de infestação, por isso é importante redobrar os cuidados preventivos”, reforça Lúcio Vieira, coordenador do Programa de Controle de Dengue de Itajaí. 

Fonte: Visor Notícias

Experimente um jeito prático de se informar: tenha o aplicativo do Visor Notícias no seu celular. Com ele, você vai ter acesso rápido a todos os nossos conteúdos sempre que quiser. É simples, intuitivo e gratuito!

Saúde

Álcool + frio: entenda o que o combo provoca no nosso corpo e os efeitos da baixa temperatura

Substância pode ajudar a aquecer, mas, em excesso, prejudica a percepção do frio; entenda os riscos e o que o corpo faz para se proteger quando esfria

Saúde

Vacinação em SC: Idosos com 60 anos ou mais podem tomar a segunda dose de reforço contra a Covid-19

A segunda dose de reforço deve ser aplicada com um intervalo de quatro meses após a primeira dose de reforço

Saúde

Ministério da Saúde cria sala de situação para monitorar casos de hepatite misteriosa em crianças

Brasil tem 41 casos notificados da doença; SC registrou 3 casos até o momento

Saúde

Vacinas da gripe e sarampo têm baixa procura em Santa Catarina

Faltando menos de um mês para o fim das Campanhas de Vacinação contra a gripe e contra o sarampo, a Secretaria de Saúde de Santa Catarina (SES) alerta para a baixa procura pelas vacinas. Até […]

Saúde

Lei que regulamenta bula de remédio digital é sancionada

Laboratórios farmacêuticos deverão inserir um QR Code nas embalagens dos medicamentos

Mais notícias

Segurança

Criminosos se desesperam e sofrem grave acidente durante sequestro em Santa Catarina

Uma das vítimas conseguiu pular do veículo e fugir, mas a outra ficou dentro do carro e teve de ser atendida

Segurança

Carro fica completamente destruído em acidente em SC; motorista sobrevive

O motorista, de 38 anos, condutor do carro, estava no local aguardando socorro