keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Irmãs de Itapema fazem sucesso no Brasil e no exterior com croissants artesanais

A Café du Centre, cafeteria e doceria, aberta há quatro anos pelas irmãs Paula Vieira, 33, e Bruna Vieira, 27, catarinenses de Itapema, está em franca expansão. A marca tem nove franquias no Brasil e outras oito serão inauguradas nos próximos meses – entre elas, duas internacionais, em Londres, na Inglaterra, e em Calgary, no Canadá.

O empreendimento em Londres foi negociado durante um ano. O franqueado londrino é um empreendedor que estava no Brasil a passeio, gostou da cafeteria e investiu. A cafeteria será aberta no bairro Hempstead Heath.

Foi necessário um ano de conversas para finalizar cada detalhe, incluindo, uma viagem das sócias à capital inglesa para conhecerem de perto o local que abrigará o Café. Bruna e Paula também foram convidadas pelo governo da rainha a participarem do The Week, evento de empreendedorismo para empresas estrangeiras que acumulam indicadores de sucesso.

 História semelhante ocorreu com o empreendedor canadense, que acredita que o Café irá combinar com Calgary, um grande polo econômico do país, cidade moderna, porém, próxima às Montanhas Rochosas e com diversos passeios românticos ao ar livre.  

 O sucesso da marca pode ser explicado pela padronização rígida.  As irmãs dedicaram-se a pensar cada detalhe.

A inspiração da decoração, que também se reflete nos pratos, veio de Paris. As sócias desejam que os clientes se sintam na capital francesa dos sonhos, imaginada por casais, jovens e amantes do romantismo. Essa referência pode ser observada na delicadeza das cortinas, nos tons agradáveis no ambiente, na estampa das mesas e cadeiras, na música francesa, no atendimento, muito atencioso, e claro, no cardápio.

O cheirinho de croissant saído do forno perfuma levemente a cafeteria. São eles, os carros-chefes da casa, elaborados artesanalmente por uma francesa, moradora da cidade de Itapema, que os envia para todas as franquias do Brasil.

O menu é extenso, para ser consumido sem pressa. Sempre há novidades. Neste verão foram lançadas a taça “Merveille aux Fraises”, com sorvete galak, suspiros, creme de leite, morangos e chantilly; a “Irish Whiskey Ice Coffee”, com sorvete de chocolate, ‘espresso’, whiskey, cookies, calda de chocolate e chantilly, entre outras.

 Os preços variam de acordo com cada franquia. Os croissants doces, agridoces e salgados estão entre os mais pedidos da marca. Puro, eles custam entre R$ 6 e R$ 8. Já nas versões recheadas, há o surpreendente croissant de chimia de pera com gorgonzola, que custa entre R$ 16 e R$ 18.

Antes dos pedidos serem levado às mesas, paninhos úmidos são entregues aos clientes para refrescarem suas mãos. Cada prato é uma obra de arte, decorados com flores, desenhos com canela e poesias.

O Café du Centre é um lugar de encontros, onde muita gente é pedida em casamento. Casais comemoram datas importantes, aniversários são celebrados. É lugar pra esquecer o celular, desfrutar sem pressa e apreciar a experiência da boa culinária.

Para manter o padrão de sofisticação e cuidado as irmãs são exigentes com os franqueados. Elas não aceitam investidores. “Nós queremos famílias, casais ou mulheres empreendedoras que trabalhem na cafeteria, que conheçam e conversem com os clientes e façam do negócio seu propósito de vida”, explicou Bruna.

 A HISTÓRIA DA CAFÉ DU CENTRE

Tanto sucesso ainda surpreende as irmãs. Bruna trabalhava como psicóloga em um consultório e Paula como fotógrafa – em um estúdio que mantém. No final do expediente elas se reuniam em cafeterias em Porto Belo e Balneário Camboriú. Assim começaram a gostar de café. Foi então, que a tentativa de agradar o paladar virou ideia de negócio.

Apesar de algumas frases desestimulantes “vocês são loucas”, “nunca vai dar certo”, as irmãs apostaram tudo que tinham, que se resumia a vontade, força de trabalho e um carro de R$ 80 mil, que foi usado como capital inicial.

O jeito foi improvisar. O pai das empresárias cedeu a sala comercial. Ele construiu o encanamento e os três pintaram as paredes. Bruna desmanchou o guarda-roupas e nas madeiras plotou imagens da França, que conhecia apenas dos filmes e da imaginação. Onze mesas foram espalhadas pelo lugar.

O Café du Centre foi montado na rua Nereu Ramos, n°179, no Centro de Itapema. O espaço é aconchegante e feminino, com inspiração provençal e trilha francesa. O horário de funcionamento é o mesmo em toda a rede, de terça a domingo, das 15h às 20h para que as pessoas possam aproveitar à tarde ou o happy hour .

“Abrimos no dia 17 de abril de 2014. Era uma quinta-feira santa. Na sexta o movimento foi inexplicável. Sete meses depois havia filas de três horas. Famílias inteiras passavam à tarde nas calçadas, sentadas no meio fio”, conta Bruna.

Foi pela angústia de ver os clientes na rua, que as irmãs procuraram a ABF (Associação Brasileira de Franchising). Cinco empresas foram indicadas, uma de São Paulo escolhida, e a primeira franquia foi aberta em Balneário Camboriú.

As opções do menu mostram outra preocupação da Café Du Centre: o fomento da economia local e o empoderamento das mulheres. Os cafés, servidos em taças caprichadas, acompanham algodão doce, feito por uma empreendedora que trabalha numa praça da região e agora tem uma fonte de renda a mais. Os ingredientes dos produtos são feitos por cozinheiros também das redondezas, que trabalham de acordo com os princípios de Paula e Bruna.

Os croissants, carros-chefe da casa, são elaborados artesanalmente por uma francesa, moradora da cidade de Itapema. Assim como as empanadas, feitas por uma cozinheira argentina. Da terra de Mercedes Sosa, também vem o doce de leite, que recheia tortas e croissants e incrementa cafés, além das taças desconstruídas. Já o melado de cana usados nos doces é fornecido pelo tio, que também vive em Santa Catarina.

VÍNCULO COM OS CLIENTES

A Café du Centre acredita no poder de transformar. O novo mercado exige empresas humanizadas, capazes de gerar valores não monetários aos produtos, mas sensações e experiência positivas.

Baseado na gentileza, eficiência e qualidade, a Café du Centre é um local para que as pessoas possam passar o dia. Ficar à vontade. Desfrutar de boas companhias sem pressa. É um local para reunir famílias, amigos, casais ou colegas de trabalho. É um ambiente leve e feliz.

 
ONDE ENCONTRAR

http://www.cafeducentre.com.br

https://www.facebook.com/cafed ucentreitp/?ref=br_rs (FACEBOO K MATRIZ)

Cidades

Vídeo: Policiais ajudam cadeirante a subir rua íngreme

Os policiais estavam na rua quando perceberam a dificuldade de uma deficiente física em subir o local íngreme

Cidades

Governo estuda cinco rotas para implantação do transporte marítimo na Grande Florianópolis

Estudo ainda está na fase de modelagem, que será debatido com as prefeituras

Cidades

SC gera 25 mil empregos em setembro e obtém o melhor resultado do Sul do Brasil

Todos os setores da economia catarinense sentiram o aumento do número de postos de trabalho

Cidades

Mulher é resgatada após cair de prédio em Navegantes

A mulher estava caída na marquise do prédio quando os socorristas chegaram

Mais notícias