keyboard_backspace

Página Inicial

Cidades

Investimentos para garantir abastecimento de água e expansão do esgotamento sanitário marcaram ano de 2021 para a Casan

Com suporte financeiro de R$ 1,7 bilhão do Governo do Estado, que estabeleceu a segurança hídrica como uma de suas prioridades, a Companhia deu início ao maior aporte de recursos de sua história em infraestrutura de abastecimento.

No ano em que completou 50 anos, a CASAN deixa para Santa Catarina a marca do Planejamento Hídrico e da expansão do esgotamento sanitário.

Com suporte financeiro de R$ 1,7 bilhão do Governo do Estado, que estabeleceu a segurança hídrica como uma de suas prioridades, a Companhia deu início ao maior aporte de recursos de sua história em infraestrutura de abastecimento.

São obras para ampliação da capacidade de produção de água, com 50 projetos para implantação ou modernização de Estações de Tratamento de Água. Esse investimento permitirá que no Sistema CASAN, atualmente integrado por 194 municípios, a capacidade de produção de água seja mais do que duplicada.

Os recursos estão também sendo aplicados em mais de 180 obras para implantação de novos reservatórios, 30 para ampliação de redes de adução e distribuição de água e mais de 50 perfurações de novos poços em todo o Estado. Uma das principais frentes de trabalho é o Projeto Chapecozinho, maior obra de Sistema de Abastecimento de Água em Santa Catarina. Com 58 quilômetros de adutoras, reservatórios, estações de recalque (bombeamento) e de tratamento de água, O Chapecozinho vai beneficiar a população de Cordilheira Alta, Chapecó, Xaxim e Xanxerê.

“Com economias geradas em dois anos desta Diretoria formada por profissionais de carreira, e com o Planejamento Hídrico sendo uma das metas do Governo Carlos Moisés, a CASAN prepara as cidades para os momentos de crise hídrica e para o crescimento da população, garantindo um bem essencial para a saúde e qualidade de vida”, destaca o Diretor-Presidente em exercício, Evandro André Martins.

Dez obras de saneamento foram finalizadas em 2021, beneficiando as cidades de Araquari (Bairro Itinga), Chapecó (Bairro Efapi), Concórdia, Criciúma, Curitibanos, Ibirama, Indaial (Bairro Tapajós), São José (Ponta de Baixo e Centro Histórico), Maravilha e Florianópolis (Monte Cristo).

VERÃO MAIS SEGURO

A segurança hídrica recebeu atenção também com foco na temporada 2021/2022. Integrada à Operação Verão Mais Seguro, do Governo de Santa Catarina, a CASAN investiu quase R$ 45 milhões em infraestrutura de água e esgoto para receber turistas na temporada que se inicia com Santa Carina em níveis controlados de contaminação pela Covid-19. A Operação Verão da Companhia ainda inclui campanha para uso responsável da água, com orientações e ações na mídia convencional, em plataformas digitais e redes sociais.

o campo do esgotamento sanitário, 10 obras foram finalizadas em 2021, beneficiando as cidades de Araquari (Bairro Itinga), Chapecó (Bairro Efapi), Concórdia, Criciúma, Curitibanos, Ibirama, Indaial (Bairro Tapajós), São José (Ponta de Baixo e Centro Histórico), Maravilha e  Florianópolis (Monte Cristo).

Na Capital, a Companhia possui em andamento a ampliação do Sistema de Esgoto Insular e a implantação do Sistema Saco-Grande/Monte Verde e do Sistema Ingleses/Santinho  – projetos que em conjunto somam investimentos de mais de R$ 340 milhões.

Também este ano a CASAN encaminhou aquela que será a maior obra de esgotamento sanitário de Santa Catarina: a desativação das lagoas de estabilização de Potecas, em São José, e a construção de uma nova e moderna Estação de Tratamento. Estão ainda em andamento projetos de implantação da infraestrutura de esgoto em Barra do Sul, Ipira-Piratuba, Itá, Rio do Sul e Santo Amaro.

MARCO DO SANEAMENTO

A Companhia prossegue também seu trabalho para ingressar na nova fase regida pelo Marco do Saneamento. Um dos fatos relevantes nesta caminhada foi o retorno positivo obtido junto ao mercado de capitais para obtenção dos recursos necessários à expansão dos serviços de abastecimento, de coleta e de tratamento de esgotos, como exige a nova legislação.

Prospecção indicativa realizada pela CASAN para captação de R$ 2,4 bilhões, valor avaliado como necessário para a primeira etapa de cumprimento das exigências do Novo Marco do Saneamento, até 2026, trouxe a possibilidade de obtenção de até R$ 13 bilhões – quase seis vezes mais em relação ao que estava sendo buscado.

Outro reconhecimento do mercado veio com o Troféu do Selo WOB – Women on Board, premiação que reconhece e divulga as organizações com pelo menos duas mulheres nos conselhos de administração ou consultivos.

Atualmente, entre nove membros do Conselho Consultivo da CASAN, quatro são mulheres, representatividade de 44% no órgão colegiado responsável pela orientação dos negócios da Companhia. Esse índice coloca a CASAN como uma das empresas brasileiras de saneamento com a maior representação feminina em seu Conselho de Administração. A atenção à questão da diversidade é crescente, pois esse é um dos pilares da boa governança, uma meta também priorizada pela CASAN.

Fonte: Visor Notícias

Cidades

Associado de Itapema recebe prêmio do Seguro de Vida Sicredi

A Sicredi Vale Litoral SC realizou nesta semana a entrega de mais um prêmio do Seguro de Vida. O contemplado foi o associado Andre Luiz Daroci, da agência Morretes, em Itapema. Por meio dos seguros […]

Cidades

Porto Belo recebe novo ônibus do Governo do Estado

O Município de Porto Belo recebeu nesta quarta-feira (19) um novo ônibus da Secretaria de Educação do Estado de Santa Catarina. O veículo será utilizado para transportes de estudantes da Rede Municipal de Ensino. Ao […]

Cidades

Porto Belo terá IPTU premiado com sorteio de carro 0km

O Governo do Município de Porto Belo inicia o ano com novidades em relação ao IPTU – Imposto Predial e Territorial Urbano. Os contribuintes com as contas em dia, que optarem pelo pagamento em cota […]

Cidades

Navegantes estuda nova contrato de concessão para empresa de lixo atuar na cidade

A Prefeitura de Navegantes realiza estudos no intuito de melhorar o serviço de coleta no município, incluindo a coleta seletiva. Atualmente, os serviços de coleta, transporte e disposição final do lixo é realizado pela empresa […]

Cidades

Obra da subestação de energia em Itapema deve ser concluída em março informa a deputada Paulinha

A obra tem um custo estimado de R$ 17 milhões, e vai absorver totalmente o consumo de energia de Itapema

Mais notícias

Segurança

Motociclista morre em acidente com caminhão em rodovia catarinense

Um motociclsita morreu em um acidente com um caminhão nesta sábado (22) na cidade de Massaranduba. Segundo informações dos socorristas, que são bombeiros voluntários, o acidente foi registrado no quilômetro 52 da rodovia catarinense SC-108. […]

Segurança

Laje desaba durante obra e trabalhadores ficam feridos em Blumenau

Dois homens ficaram feridos na cidade de Blumenau nesta sextaa-feira (21) após o desabamento de uma laje em uma obra de um galpão no Norte da cidade. As vítimas tem 33 e 35 anos. O […]