keyboard_backspace

Página Inicial

Política

Investigação civil contra Moisés na compra dos respiradores é arquivada por MP-SC

A defesa de Moisés já encaminhou a decisão para o Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde tramita a investigação criminal contra o governador.

X
Foto: Divulgação

O Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC) arquivou a investigação no inquérito civil contra o governador Carlos Moisés da Silva sobre a compra dos 200 respiradores da empresa Veigamed por R$ 33 milhões. O entendimento do procurador-geral de Justiça, Fernando Comin, foi de que não há fundamento para a ação por ato de improbidade administrativa como outras medidas contra Moisés.

Por isso, Comin determinou o arquivamento da apuração relacionada ao governador. Em relação aos demais investigados, o inquérito civil continua em tramitação, agora na promotoria de Florianópolis porque não há mais necessidade de atuação da procuradoria-geral já que o governador deixa de fazer parte dos documentos.

Em sua decisão, Comin afirmou que “não foi encontrada nenhuma ligação ou mensagem trocada entre o Governador e os empresários envolvidos na compra em questão, ou mesmo entre o Governador e os servidores que participaram do processo de aquisição e pagamento à empresa”. Ele diz que nem mesmo nas mensagens trocada por Moisés com os então secretários de Saúde, Helton Zeferino, e Casa Civil Douglas Borba, existe menção antes do final de abril de 2020 sobre a compra dos 200 respiradores.

A defesa de Moisés já encaminhou a decisão para o Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde tramita a investigação criminal contra o governador. Nesta quarta-feira, o advogado Marcos Probst, que defende o chefe do Executivo, também vai anexar o documento ao processo de impeachment que tramita no Tribunal de Justiça (TJ-SC) e na Assembleia Legislativa.

Em trecho da decisão, o procurador-geral afirma que “de toda prova testemunhal colhida ao longo da investigação não se extrai nenhuma menção direta ao Governador do Estado”. Para ele, “não há, ao menos até o momento, provas do envolvimento de Carlos Moisés na referida aquisição”.

Na investigação criminal, que ficou a cargo da Polícia Federal (PF), os agentes também isentaram o governador de irregularidades na compra. O posicionamento está anexado ao processo que tramita no STJ.

Fonte: NSC

Política

Democracia via internet: vereador quer a participação e avaliação popular em projetos

Proposta visa implementar sistema similar ao usado nos sites do Senado, Câmara dos Deputados e Alesc

Política

Projeto pode garantir isenção de impostos para escolas privadas de Itapema

Isenção quer dar fôlego para empresas que atuam na educação básica de Itapema, que além da crise econômica provocada pela pandemia, enfrentam a evasão de alunos para a rede pública

Política

Tudo sobre a política nacional nesta quarta-feira (03)

Leia a Coluna Esplanada direto de Brasília

Política

Conselho de Ética notifica deputados Daniel Silveira e Flordelis

Parlamentares têm dez dias úteis para apresentar defesa

Política

Governo reforça diálogo com órgãos de controle sobre ações de enfrentamento da pandemia

As instituições haviam recomendado um lockdown por 14 dias na última semana, medida que não foi aceita pelo governo estadual

Mais notícias

Política

Democracia via internet: vereador quer a participação e avaliação popular em projetos

Proposta visa implementar sistema similar ao usado nos sites do Senado, Câmara dos Deputados e Alesc

Cultura e Lazer

Namorada catarinense de Whindersson Nunes revela no Instagram onde o “bebê foi feito”

Foto da revelação foi uma das mais curtidas no Instagram no Brasil