keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Instituto Nacional de Meteorologia emite Alerta Laranja: SC deve registrar até -10°C

Temperatura máxima prevista em SC é de 0°C por vários dias

X
Foto: Divulgação

A massa de ar frio de origem polar, apontada como uma das mais fortes a atingir o Brasil nos últimos 66 anos, já começa a influenciar o início da semana no Centro-Sul do Brasil. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), já emitiu Alerta Laranja, sinalizando perigo, por conta do declínio acentuado nas temperaturas a partir de quarta-feira (28). Segundo o Inmet, o frio deve permanecer por até três dias consecutivos. No período de quarta a sexta-feira, a temperatura deve ficar entre 10°C no Centro-Sul do país.

Segundo o MetSul, portal especializado em meteorologia, o ar polar começa a ingressar no Rio Grande do Sul no decorrer da terça-feira (27), quando se espera que as mínimas ocorram à noite, quando vai começar a ficar muito frio. Na quarta-feira (28), o ar polar rapidamente toma conta do Sul do país e chega aos Centro-Oeste e ao Sudeste do país. Será uma “bolha” de ar gelado de grandes dimensões e que será responsável por um acentuado resfriamento em diversos estados brasileiros no meio da semana.

Modelos numéricos analisados pela MetSul seguem indicando que a temperatura no nível de pressão de 850 hPa, equivalente a 1.500 metros de altitude, que é parâmetro usado em Meteorologia para identificar a quão quente ou fria é uma massa de ar. Isso indica que ficaria entre -5°C e -7°C no Sul do Brasil. Tais valores, que não representam temperatura em superfície, só são vistos na parte meridional do território brasileiro em erupções de ar polar de grande potência como 2000, 2007, 2009 e 2012.

Esta será uma das erupções de ar polar de maior intensidade dos tempos recentes no Sul do Brasil e as marcas mínimas em algumas estações, especialmente de municípios de maior altitude, devem ficar entre as mais baixas registradas nos primeiros 20 anos deste século, mas, no geral, a onda de frio não deve superar em força as ondas de frio, por exemplo, dos anos 2000 e 2012. Mesmo assim, nos casos do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, deve figurar entre as mais fortes da história recente.

Trata-se de uma massa de ar polar de trajetória continental com um centro de alta pressão atmosférica que vai se deslocar do Norte da Argentina para o Sul do Brasil com valores entre 1.030 hPa e 1.035 hPa. O posicionamento do centro de alta sobre o Sul do país no final da semana favorecerá mínimas ainda mais baixas com a diminuição da nebulosidade e a atmosfera mais seca.

Foto: MetSul/Divulgação

MUITOS DIAS GELADOS EM SEQUÊNCIA

Rio Grande do Sul e Santa Catarina podem enfrentar seis a sete dias seguidos com mínimas abaixo de zero em seus territórios. De quarta até domingo que vem a tendência é que ocorram marcas negativas no Sul do país com o frio mais intenso na média do dia inteiro entre quarta e sexta. As menores mínimas devem ocorrer na sexta-feira, quando muitas cidades terão marcas abaixo de zero.

Mesmo com a presença do sol, as tardes devem ser de temperatura máxima baixa entre a quarta-feira e sexta, sequer chegando aos 10°C em muitos municípios. A presença de nuvens, ademais, em alguns dias pode fazer com que algumas cidades de maior altitude tenham temperatura negativa ou perto de 0ºC durante todo o dia entre quarta e quinta, em particular nos Campos de Cima da Serra e no Planalto Sul Catarinense.

Grande parte dos municípios do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná deverão ter mínimas próximas ou abaixo de zero na segunda metade da semana com o amanhecer mais frio na maioria dos municípios previsto para a sexta-feira.

Em Santa Catarina, a segunda metade da semana deve ter mínimas extremas de -8°C a até -10°C em locais de maior altitude do Planalto Sul, entretanto marcas ainda menores não são descartadas em baixadas mais para o final da semana nas áreas de Bom Jardim da Serra, Urupema e São Joaquim. No Paraná, os locais mais frios devem ter, em geral, entre -3°C e -5°C  com marcas isoladamente inferiores.

No Sul do Brasil, no momento inicial, quando da entrada do ar mais gelado entre terça e a quinta, as menores mínimas devem ocorrer em estações situadas em topos de municípios. É o que normalmente ocorre durante o processo de advecção de ar frio. No segundo momento, na sexta-feira e dias seguintes, com o centro de alta sobre o Sul do país, tempo mais aberto e vento mais fraco, as baixadas passarão a dominar as mínimas.

Devemos ter:

Geada

Amanhecer de quarta na Serra, Oeste, Meio Oeste. Amanhecer de quinta no Oeste, Planalto Norte, parte alta da Grande Florianópolis e Vale do Itajaí. Na sexta em grande parte de SC até mesmo no Litoral. 

Chuva Congelada

Entre final de quarta e a quinta-feira em algumas cidades do Meio Oeste e Serra.

Sincelo

Na quinta-feira nos pontos mais altos da Serra

Neve

Na noite, especialmente madrugada, de quarta para quinta-feira nas cidades de maior altitude da Serra e Meio Oeste. 

Sensação térmica

Deveremos ter frio mais forte do que o termômetro indicar entre final de quarta e quinta devido o vento entre Serra e Sul. 

Fonte: Visor Notícias

Geral

Luta entre cobra mais venenosa e maior cobra do mundo acaba sem vencedora; veja

Em uma luta entre uma naja-rei - a cobra mais venenosa do mundo - e uma píton, a maior cobra do mundo, quem termina como vencedor?

Geral

VÍDEO: Cobra de mais de 1,5 metros é encontrada escondida no quarto de casa em SC

Suspeita do especialista em serpentes é que o animal saiu da toca após as temperaturas aumentarem na cidade

Geral

Defesa Civil emite alerta de temporais e descargas elétricas neste sábado em Santa Catarina

A tempestade surge da combinação de umidade e temperaturas elevadas

Geral

Retorno do horário de verão em SC: Governador faz conversa com setores para avaliar proposta para temporada

Posição das instituições é praticamente unânime pelo retorno do horário de verão

Geral

Chuvas fortes fazem jazigo desmoronar e cair em terreno ao lado de cemitério

Segundo informações, o incidente ocorreu por conta de uma escavação no terreno ao lado

Mais notícias

Famosos

Influencer Virgínia Fonseca anuncia pausa nas redes sociais após morte do pai

Influenciadora contou que está bastante abalada pela perda de Mário Serrão, de 72 anos

Tempo

Chuva de granizo é registrada na Serra em Santa Catarina

Neste domingo (19), moradores de Lages, na Serra Catarinense, registraram chuva de granizo. O fato ocorreu no bairro Sagrado Coração Jesus. A moradora Ieda Barroso, relatou que a chuva intensa foi de cerca de 15 […]