keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Instituto do Meio Ambiente e Udesc definem parâmetros para ampliar preservação do solo catarinense

Estes valores orientadores serão utilizados pelo IMA no licenciamento e fiscalização, e indicarão os procedimentos de prevenção e controle da qualidade.

X
Foto: Julio Cavalheiro / Arquivo / Secom

O Instituto do Meio Ambiente (IMA) publicou portaria inédita que define os parâmetros dos solos e águas subterrâneas de Santa Catarina, indicadores essenciais ao Gerenciamento de Áreas Contaminadas (GAC). Ao aprimorar as definições sobre as condições naturais do solo e como as atividades econômicas o afetam, o IMA amplia a proteção do solo catarinense.

O documento foi elaborado a partir de estudos realizados pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) que, seguindo as normas da Resolução Conama nº 420 de 2009, definiu os dados de Valores de Referência de Qualidade (VRQs), ou seja, a concentração de determinada substância que define a qualidade natural do solo.

Por meio de um Termo de Cooperação entre as duas instituições, o IMA fez uso destas pesquisas e as transformou em legislação para estabelecer o perfil da qualidade do solo em Santa Catarina. Estes valores orientadores serão utilizados pelo IMA no licenciamento e fiscalização, e indicarão os procedimentos de prevenção e controle da qualidade.

Ao todo estão definidos oito parâmetros: Bário, Cádmio, Chumbo, Cobalto, Cobre, Cromo, Níquel e Zinco. Estes valores são exclusivos para Santa Catarina e, portanto, podem ser utilizados como indicadores somente em solo catarinense, não sendo aplicáveis para outros estados brasileiros.

Segundo o diretor de Engenharia e Qualidade Ambiental do IMA, Fábio Castagna da Silva, com a normatização é possível não apenas conhecer as especificidades do solo em cada região catarinense, mas também garantir a preservação das características naturais e da qualidade natural da terra. “Sempre que uma atividade for instalada, o IMA vai conseguir saber se há algum efluente, contaminante ou resíduo e de que forma pode afetar o solo”.

Fonte: Visor Notícias

Geral

Mulher encontra cobra venenosa dentro de saco de alface

Produto foi comprado em uma rede de supermercado

Geral

Setor de serviços em Santa Catarina tem alta de 9,9% em fevereiro

O volume de serviços em SC no acumulado de janeiro e fevereiro teve crescimento de 7,5%, o maior entre as 27 Unidades da Federação.

Geral

Caixa sorteia R$ 30 milhões da Dupla-Sena da Páscoa neste sábado

Com apenas uma aposta da Dupla-Sena, o apostador concorre a dois sorteios no mesmo concurso. Ganha quem acertar 3, 4, 5 ou 6 números, tanto no primeiro quanto no segundo sorteio.

Geral

Leão-marinho resgatado em SC tinha bala de arma de fogo alojada na cabeça

Ainda na quarta-feira, o pinípede foi hidratado e medicado. Mesmo com todos os esforços da equipe, o leão-marinho morreu no início da manhã desta quinta.

Geral

Ministério Público dá prazo para empresas potencialmente poluidoras apresentarem licenças ambientais em Porto Belo

A multa diária de R$ 5 mil deverá ser aplicada caso deem continuidade às atividades poluidoras sem as devidas licenças após o prazo concedido para regularização

Mais notícias

Segurança

Polícia encontra mais de R$4 milhões na casa de homem morto depois de perseguição em Porto Belo

O motorista, que foi baleado na tarde desta sexta-feira (16), após uma perseguição pela cidade de Porto Belo, não resistiu aos ferimentos e morreu antes de dar entrada no hospital

Turismo

Itapema 59 anos: Visor Notícias produz série de reportagens sobre o município

Seja você morador ou turista, tem cantinhos especiais e históricos que você vai amar descobrir