keyboard_backspace

Página Inicial

Mercado Imobiliário

Índice FipeZap mostra alta no preço de venda de salas e conjuntos comerciais

Em outubro de 2021, o valor médio do m2 de imóveis comerciais anunciados nas cidades monitoradas pelo Índice FipeZap Comercial foi de R$ 8.399/m2, no caso de imóveis comerciais anunciados para venda, e de R$ 37,73/m2, entre aqueles destinados para locação.

X
Foto: Agência Brasil/EBC

O preço médio de venda de salas e conjuntos comerciais de até 200 m² apresentou ligeira alta em outubro (+0,05%), em paralelo à elevação de 0,30% registrada pelo preço médio de locação do segmento. Os dados são do Índice FipeZap Comercial, apurado a partir de levantamento realizado em dez cidades brasileiras. Em setembro, o aumento no preço do aluguel comercial foi de 0,24%.

No caso do preço de venda, as altas registradas em Brasília (+4,21%), Curitiba (+0,94%), Campinas (+0,30%) e Niterói (+0,09%) superaram, conjuntamente, os recuos em Salvador (-0,75%), Florianópolis (-0,55%) Porto Alegre (-0,43%), Rio de Janeiro (-0,26%) e Belo Horizonte (-0,05%). Em São Paulo, o preço de venda do segmento oscilou novamente próximo da estabilidade (+0,02%).

Em relação ao preço de locação, as altas registradas na maioria das cidades monitoradas – Niterói (+0,93%), Curitiba (+0,77%), Brasília (+0,72%), São Paulo (+0,64%), Porto Alegre (+0,48%), Florianópolis (+0,21%) e Campinas (+0,12%) – superaram, conjuntamente, às variações negativas apuradas em Salvador (-0,74%), Belo Horizonte (-0,26%) e Rio de Janeiro (-0,05%).

No acumulado até outubro de 2021, o Índice FipeZap de Venda Comercial registra ligeira queda real (descontando a inflação) de 0,12 ponto percentual, enquanto o índice de locação acumula uma alta de 1,87 ponto percentual.

Em outubro de 2021, o valor médio do m2 de imóveis comerciais anunciados nas cidades monitoradas pelo Índice FipeZap Comercial foi de R$ 8.399/m2, no caso de imóveis comerciais anunciados para venda, e de R$ 37,73/m2, entre aqueles destinados para locação.

Entre todas as 10 cidades monitoradas pelo Índice FipeZap Comercial, a cidade de São Paulo se destacou com o maior valor médio tanto para venda de salas e conjuntos comerciais de até 200 m² (R$ 9.684/m2), quanto para locação de imóveis do mesmo segmento (R$ 45,29/m2). Comparativamente, no Rio de Janeiro, os preços médios de venda e de locação de salas e conjuntos comerciais anunciados na Internet foram de R$ 9.119/m² e R$ 37,40/m², respectivamente.

Pela razão entre o preço médio de locação e o preço médio de venda dos imóveis comerciais, é possível obter uma medida da rentabilidade para o investidor que opta por investir no imóvel com a finalidade de obter renda com aluguel. O indicador pode ser utilizado para avaliar a atratividade de salas e conjuntos comerciais em relação a outras opções de investimento disponíveis (como, por exemplo, investimento em imóveis residenciais para obtenção de aluguel ou aplicações financeiras).

Em outubro de 2021, o retorno médio do aluguel comercial foi apurado em 5,51% ao ano, superando a rentabilidade média do aluguel referente a imóveis do segmento residencial (4,63% ao ano), assim como o retorno médio real de aplicações financeiras de referência.

Fonte: Visor Notícias e FipeZap/Valor Invest

Mercado Imobiliário

Mercado imobiliário de Itajaí surge como opção financeira cada vez mais atraente para investidores

Atentas à expansão do setor, construtoras tradicionais como a Procave apostam em produtos focados no médio e grande investidor

Mercado Imobiliário

Academia Imobiliária: A liderança na construção da carreira profissional

No Mercado Imobiliário SC, todas as semanas, o consultor Estevão Guerreiro apresenta dicas valiosas para a carreira no setor imobiliário

Mercado Imobiliário

Vídeo: Condomínio com serviços de shopping será construído em Itapema

A proposta foi desenvolvida pela Art Concept Construtora e Incorporadora e reforça o interesse do setor no bairro Morretes

Mercado Imobiliário

Vokkan completa seis anos com nova fase no VivaPark Porto Belo

Empreendimento em construção na cidade é considerado um símbolo do alto nível de inovação e qualidade que a empresa pretende manter como marca no mercado imobiliário e da construção civil

Mercado Imobiliário

Vídeo: Indústria da construção tem o melhor desempenho do ano em outubro

Números do mês segundo pesquisa CNI são destaque no Mercado Imobiliário SC

Mais notícias

Segurança

Motorista bêbado invade ponto de ônibus e mata uma pessoa em Penha

O motorista do carro, bêbado, acabou batendo contra um ponto de ônibus onde estavam os três homens

Coronavírus

SC confirma 1.232.109 casos, 1.207.753 recuperados e 19.976 mortes

Em comparação com a última atualização diária, há 3 óbitos a mais

Atendente Virtual Visor

Estou disponível, posso ajudar?

openPopup