keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Homens são presos suspeitos de roubar cooperativas de crédito em SC

A suspeita é que, possivelmente, o grupo estava planejando outro roubo, haja vista o armamento apreendido

X
Foto: Divulgação Polícia Civil SC

Na manhã desta quinta-feira (11), por volta das 06h, a Polícia Civil desencadeou uma operação e prendeu três homens suspeitos de participação em roubos em cooperativas de créditos em Santa Catarina.

A ação é da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Blumenau, com o auxílio da Coordenadoria Operações e Recursos Especiais (CORE/PCSC), GAECO de Blumenau, Polícia Rodoviária Federal (PRF), policiais civis da Comarca de Gaspar e da DIC de Itajaí. Também houve auxílio do Deap e do Instituto Geral de Perícias (IGP). 

Foram cumpridos três mandados de prisão temporária e seis mandados de busca e apreensão domiciliar contra suspeitos de estarem envolvidos em uma série de roubos contra estabelecimentos financeiros.

A investigação teve início após o roubo de uma agência da Viacredi, na Rua Doutor Pedro Zimmermann, crime ocorrido no dia 25/01/2021, em Blumenau. Na oportunidade, cinco homens fortemente armados entraram na agência e subtraíram aproximadamente R$ 80.000. Eles realizaram disparos de arma de fogo na porta giratória.

Em troca de informações com a PRF, tomou-se conhecimento que o mesmo grupo também havia assaltado a Viacredi em Gaspar, fato acontecido 20 dias antes, ou seja, no dia 05/01/2021.

Dando continuidade, por meio de investigação, descobriu-se também que o grupo está envolvido no roubo ao Sicoob de Santa Cecília, no dia 05/02/2021. Assim, após a identificação de ao menos três integrantes do grupo, representou-se pela prisão temporária e busca e apreensão em diversas residências, estas localizadas nas cidades de Blumenau, Massaranduba, Gaspar, Penha e Itajaí.

Durante cumprimento dos mandados, dois investigados foram presos. Um deles, de 35 anos anos, é foragido do sistema prisional do estado do Rio Grande do Sul, além de possuir diversas passagens por roubo.

Já o outro, de 59 anos, é conhecido das forças de segurança, já tendo participado de vários roubos a banco, motivo pelo qual se encontrava recolhido desde 2003, saindo apenas no ano passado em razão da pandemia Covid-19.

Em uma residência no Bairro Itoupava Central foram localizadas duas espingardas calibre 12, um simulacro de fuzil, munição, coletes balísticos, roupas militares, “miguelitos”, entre outros objetos. Na ocasião, o proprietário do imóvel em que estava o armamento, foi preso em flagrante por posse irregular de arma e munição de calibre permitido.

A suspeita é que, possivelmente, o grupo estava planejando outro roubo, haja vista o armamento apreendido. Todos foram encaminhados à sede da DIC para os procedimentos.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Morre motorista que foi perseguido e baleado por atirador em Porto Belo

Perseguição foi registrada em diversos pontos de Porto Belo

Segurança

Influenciadora grava vídeo pouco antes de morrer em acidente

Veículo chegou a marcar 116 km/h; três pessoas morreram

Segurança

Bicho estranho encontrado em árvore que assustou moradores era um croissant

Moradores acionaram especialistas com medo do tal bicho estranho

Segurança

Homem atira mais de 10 vezes em carro e atinge motorista no tórax em Porto Belo

Helicóptero da PM sobrevoa Porto Belo para tentar encontrar o suspeito

Mais notícias

Segurança

Morre motorista que foi perseguido e baleado por atirador em Porto Belo

Perseguição foi registrada em diversos pontos de Porto Belo