keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Homem usou celular de mulher morta em Itapema para se passar por ela

Segundo relatado pelo investigado, a motivação do crime se deu pelo fato de ter descoberto que sua ex-companheira estava se relacionando com outra pessoa

X
Arquivo Pessoal/Visor Notícias

Nesta terça-feira (22) a Policia Civil, por intermédio do Setor de Investigações Criminais de Itapema, cumpriu mandado de prisão temporária do investigado de ter praticado crime de feminicídio contra de sua esposa e homicídio de seu filho de três meses em Itapema.

Logo após o desaparecimento da vítima, no dia 15 de setembro, o Setor de Investigações Criminais de Itapema colheu diversas indícios que apontavam que o investigado teria matado sua ex-companheira e seu filho e ocultado os corpos, inclusive de que estaria mandando mensagem do celular da vítima para tentar enganar os familiares que estavam a sua procura.

O Delegado de Polícia representou pela prisão temporária do ex-companheiro, a qual foi rapidamente deferida pelo Poder Judiciário de Itapema.

Cumprida a prisão do investigado e após lhe mostrar diversas incoerências, ele confessou o crime e afirmou que teria envenenado as vítimas. Ele ainda apontou o local onde teria ocultado o corpo das vítimas.

Segundo relatado pelo investigado, a motivação do crime se deu pelo fato de ter descoberto que sua ex-companheira estava se relacionando com outra pessoa.

Com o apoio da Policia Civil de Rio dos Cedros, mais precisamente no bairro Cedro II, em uma zona rural de difícil acesso, o investigado apontou onde enterrou os corpos em meio uma mata.

Foi localizado o corpo da mulher e do bebê de três meses. O IGP e o IML compareceram para a realização das perícias.

Segurança

Homem que aplicava ‘golpe do motoboy’ em SC é preso

Criminoso foi preso com diversos objetos como máquinas e cartões

Segurança

Veículo roubado que seria entregue no PR é apreendido na BR-101 em SC

Abordagem do veículo ocorreu durante madrugada desta quinta-feira (29)

Segurança

Homem condenado por roubo é preso pela Polícia Civil em Biguaçu

Sentença é de seis anos, dois meses e sete dias de reclusão

Segurança

Homem é preso por roubo nove anos após ser sentenciado

A ação envolveu policiais civis da Delegacia de Polícia de Biguaçu, com o apoio da Diretoria de Inteligência e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (CORE)

Mais notícias