keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Homem sobrevive depois de levar cinco tiros nas costas e na cabeça

Um homem foi baleado na madrugada deste sábado (31) em Chapecó. A PM (Polícia Militar) foi acionada por volta das 3h30 para atender a ocorrência. Segundo os moradores da rua, cinco disparos de arma de […]

X
Divulgação

Um homem foi baleado na madrugada deste sábado (31) em Chapecó. A PM (Polícia Militar) foi acionada por volta das 3h30 para atender a ocorrência.

Segundo os moradores da rua, cinco disparos de arma de fogo foram ouvidos. A vítima estava caída na rua e uma equipe do Samu foi acionada para os primeiros atendimentos.

O homem tinha ferimentos de bala na cabeça e nas costas. Ele estava consciente, porém não informou aos policiais o que teria ocorrido. Após receber atendimento dos socorristas ele foi encaminhado ao HRO (Hospital Regional do Oeste), de Chapecó, para avaliação médica.

A Polícia Civil foi informada sobre a tentativa de homicídio, bem como o IGP (Instituo Geral de Perícias). Agora, cabe à polícia investigar o fato.

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Trio é condenado a mais de 60 anos de prisão durante júri ocorrido em São João Batista

Dois homens e uma mulher foram condenados em sessão do Tribunal do Júri promovida nesta quarta-feira (25/11), na comarca de São João Batista, a penas que somadas ultrapassam 60 anos de reclusão. A sessão, presidida […]

Segurança

Homem é preso por violência doméstica e por posse ilegal de arma de fogo

A Polícia Civil cumpriu mandado de busca e apreensão e prendeu em flagrante um homem de 39 anos por posse irregular de arma de fogo. Ele é suspeito de violência doméstica. Foi na quinta-feira(26), em […]

Segurança

Homem que praticava roubos em Imbituba é preso

Em ação conjunta, as Polícias Civil e Militar cumpriram dois mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão e capturaram um homem por roubo. Foi na manhã desta sexta-feira (27), em Imbituba. O […]

Segurança

Suspeitos de aplicar golpe do ‘Motoboy’ contra idosos em SC são presos

Golpes começavam quando as vítimas, todas idosas, recebiam ligações telefônicas de uma pessoa se dizendo funcionária de um banco

Mais notícias