keyboard_backspace

Página Inicial

Geral

Homem que disparou tiros por causa de som alto de vizinho é condenado pela Justiça

Ele também foi condenado por posse ilegal de arma de fogo

Um morador de Benedito Novo foi condenado por disparo e posse ilegal de arma de fogo pelo juízo da Vara Criminal da comarca de Timbó, no Vale do Itajaí. Segundo denúncia do Ministério Público (MP), após discussão com um vizinho motivada por som alto, o homem efetuou disparos de arma de fogo para o alto, próximo das casas dos envolvidos.

Na casa do acusado, a Polícia Militar localizou um projétil de arma de fogo deflagrado, dois estojos de munição calibre .32 e um revólver calibre .32 com capacidade para seis tiros. No tambor da arma foram localizados quatro projéteis deflagrados e dois intactos. O episódio ocorreu em novembro de 2016 e a denúncia do MP foi recebida pelo juízo em fevereiro de 2018.

Em seu depoimento, o réu afirmou ter efetuado três disparos para cima, da janela de sua casa. Disse que falou para o vizinho abaixar o volume do som porque estava alto e “tremia tudo”, mas ele não lhe deu ouvidos. Acrescentou ainda que a arma era do seu avô e a recebeu de herança, mas não possuía registro. Ressaltou que atualmente a relação com o vizinho é “100%”.

Sua pena foi fixada em três anos e 20 dias de reclusão – substituída por duas restritivas de direitos (limitação de fim de semana pelo tempo da sanção corporal imposta e prestação pecuniária equivalente a um salário mínimo). Da decisão prolatada pela juíza substituta Larissa Corrêa Guarezi Zenatti Gallina cabe recurso ao Tribunal de Justiça. O homem poderá recorrer em liberdade.

Geral

Justiça decidirá se PM com restrição psiquiátrica poderá participar de aulas de tiro

A desembargadora Denise de Souza Luiz Francoski, em decisão monocrática terminativa, declinou competência às Turmas Recursais para analisar pedido de efeito suspensivo em sentença que autorizou aluno do curso de sargento da Polícia Militar a […]

Geral

Pai que abusava da filha enquanto mãe trabalhava é condenado a 35 anos de prisão em SC

Os abusos ocorreram ao longo de dois anos, dentro da casa da família,

Geral

Identificada menina que morreu vítima de choque elétrico em Santa Catarina

Quando o socorro chegou, Amanda estava caída sobre a cerca de arame farpado. Com o auxílio de um eletricista, os bombeiros desligaram a energia no local para poder fazer o resgate, porém a vítima já estava morta

Geral

Covid-19: plano nacional de vacinação terá quatro fases

O plano nacional de vacinação contra a covid-19 terá quatro fases. Em cada etapa serão atendidos determinados tipos de públicos, escolhidos a partir do risco da evolução para quadros graves diante da infecção, da exposição […]

Geral

Dia 21 de dezembro poderá ter fenômeno astronômico que não é acontece desde a Idade Média

A próxima vez que esse vento ocorrerá será no dia 15 de março de 2080. Depois, só depois do ano 2400

Mais notícias