keyboard_backspace

Página Inicial

Brasil

Homem morto foi levado a banco para fazer prova de vida do INSS

Uma mulher é investigada pela Polícia Civil após levar um idoso morto em uma cadeira de rodas até uma agência bancária, para fazer prova de vida e tentar sacar a aposentadoria dele. O caso foi registrado em Campinas, no […]

X

Uma mulher é investigada pela Polícia Civil após levar um idoso morto em uma cadeira de rodas até uma agência bancária, para fazer prova de vida e tentar sacar a aposentadoria dele. O caso foi registrado em Campinas, no interior de São Paulo

O episódio aconteceu no dia 2 de outubro, em uma unidade do Banco do Brasil. O caso só foi descoberto após a mulher pedir ajuda para o suposto companheiro, que estaria passando mal. Quando o Corpo de Bombeiros chegou ao local para atender a ocorrência, foi constatado que o idoso não só estava morto, como também o óbito teria acontecido há algumas horas.

Segundo as autoridades, diante da “rigidez cadavérica”, a suspeita era de que o idoso estava morto havia pelo menos 12 horas. A equipe comunicou a situação para a Guarda Municipal, que estava próximo a agência, e essa, por sua vez, acionou a Polícia Militar, que conduziu a mulher ao 1º Distrito Policial para registro da ocorrência.

Fonte: Isto é

Brasil

Fiocruz negocia mais 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca

Laboratório quer garantir imunização antes da chegada de matéria prima

Brasil

Apostador de Fortaleza acerta os seis números sorteados na Mega-Sena

Os números sorteados neste sábado foram 02, 09, 34, 49, 51, 55

Brasil

Estudantes fazem as provas de exatas do Enem neste domingo

Portões serão abertos às 11h30 e provas começarão às 13h30

Mais notícias