keyboard_backspace

Página Inicial

Segurança

Homem foge depois de ser esfaqueado e morre na frente da sede da Polícia Federal

O local foi isolado para perícia do IGP (Instituto Geral de Perícias) e da PC (Polícia Civil)

X
Divulgação

Um homem morreu após levar facadas no início da madrugada desta terça-feira (13) no Centro de Chapecó. Segundo a Polícia Militar, a vítima Rodrigo Araújo Ferreira, de 36 anos, era conhecido como “Floripa” e foi esfaqueado durante uma confusão que aconteceu em uma lanchonete.

Mesmo ferido, Rodrigo fugiu, mas caiu e morreu na frente da sede da PF (Polícia Federal). O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) confirmou o óbito. O local foi isolado para perícia do IGP (Instituto Geral de Perícias) e da PC (Polícia Civil). 

Um amigo da vítima presenciou o crime e disse à polícia que o autor — um homem de baixa estatura e gordo — estava em um VW/Fox de cor prata. Os policiais fizeram buscas, mas não prenderam nenhum suspeito do homicídio.  A DIC (Divisão de Investigação Criminal) irá investigar o homicídio. 

Fonte: Visor Notícias

Segurança

Caminhão que transportava casa de madeira se envolve em acidente no RS

Condutor do caminhão não tinha autorização nem sinalização adequada para realizar o transporte

Segurança

“Não corre senão eu te mato”; vídeo flagra ação de assaltante em mercado de Joinville

O prejuízo para o dono do estabelecimento foi de R$ 400 reais só em dinheiro, além das bebidas levadas

Segurança

O que se sabe sobre o caso do corpo encontrado sem cabeça em SC

Vítima ainda não foi identificada oficialmente e a confirmação só será possível após exame de DNA

Segurança

Vice-governador do Mato Grosso é indiciado após espancar esposa em Itapema

Vice-governador já foi indiciado por ter agredido a esposa durante as férias

Segurança

PF faz operação contra empresas de BC e Itajaí que sonegaram mais de R$ 15 milhões

Imóveis e carros de luxos foram apreendidos pela Polícia Federal nesta quarta-feira

Mais notícias

Geral

Japão vê disseminação inédita da covid-19 e recorde de casos em Tóquio

Mas ele sinalizou a possibilidade de reverter a diretriz, já que a decisão de pedir que alguns doentes fiquem em casa gera críticas de especialistas médicos por colocar vidas em risco.

Geral

Menino de 14 anos mata o pai para defender mãe de agressões em condomínio de luxo de SP

Aos policiais, o filho do empresário relatou que os episódios de violência doméstica contra a mãe e contra ele eram frequentes.